Temos que ser sinceros: quem nunca colocou nos parceiros apelidos estranhos e extravagantes. Eu até atingi um nível muito maior e cheguei a inventar um vocabulário com meu namorado que só nós conseguimos entender. Para muitos, essas atitudes podem ser um pouco irritantes e muito “bregas”. De fato, vários casais têm vergonha de apelidos e tentam não dizê-los em público, mas (segundo um estudo) agora sabemos que os casais que usam apelidos de amor são os que têm mais sucesso em seu relacionamento.

Segundo o estudo, os casais que realizam essa prática geram um sentimento muito maior de pertencimento e singularidade em relação aos que não o fazem. E isso, de alguma forma, fala com nosso cérebro que somos únicos para essa outra pessoa, porque a maneira como eles se apelidam é especial e apenas entre eles.

Os apelidos da maldição também podem ser considerados um reflexo involuntário causado pelo carinho que sentimos por essa outra pessoa. Então, no final, não é algo tão negativo e talvez esteja na hora da gente aceitar isso.

https://giphy.com/gifs/couple-f6WgUBcagykXS

No entanto, podemos concordar que alguns apelidos são muito clichêS … mas, todo cada um com o seu cada um, néw

Você tem algum apelido “carinhoso” na sua relação? Conta pra gente!

Com informações do site UPSOCL

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Alguns estudiosos e/ou pesquisadores ou estão estudando demais ou não estão aprendendo muito porque certas conclusões a que chegam são fake news, é preciso cuidado com elas. Apelidos fofos não necessariamente refletem um bom relacionamento, assim como casais que se beijam a toda hora, garantem ser mais felizes, porque às vezes só parecem. Apelidos fofos são legais, claro, demonstrando carinho em qualquer faixa etária e em qualquer tipo de relacionamento, seja entre cônjuges ou não, entre mamães e seus bebês, entre netinhos e seus vovôs e entre tutores e seus pets mas nem precisavam perder tempo estudando isso para comprovar o óbvio, precisavam?!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui