Mackay salvou Steiner de um campo de concentração de Auschwitz em 1944. No entanto, ninguém sabia que poderia imaginar que eles passariam o restante de suas vidas juntos. Mackay escapou de um campo de prisioneiros de guerra italiano em Tobruk, na Líbia, e fazia parte de uma unidade de comando escocesa que libertou Steiner, além de muitos outros prisioneiros durante esse horrível período da história.

Edith, junto com outros presos, estava no campo ao mesmo tempo que Josef Mengele, também conhecido como O Anjo da Morte, um oficial da SS e médico conhecido por seus experimentos em presos. Edith perdeu 39 membros de sua família durante o Holocausto. Apenas ela e a mãe sobreviveram.

Para comemorar sua partida, houve uma dança. Durante a dança, Mackay pediu a um amigo que perguntasse a Steiner se ela dançaria com ele e ela respondeu que sim, mas com a condição de que Mackay perguntasse.

Então Mackay finalmente reuniu coragem para pedir Steiner uma dança. O resto foi história. Eles se casaram em 17 de julho de 1946. O casal teve dois filhos, Sharon e Peter.

Dois anos atrás, em 2017, o casal foi amplamente abordado pela mídia depois de celebrar seu 71º Dia dos Namorados juntos. Então, é claro, merecia ser comemorado, especialmente um amor que emergiu de um evento tão traumático!

No entanto, semanas antes de seu aniversário de casamento, Steiner faleceu aos 92 anos, felizmente com Mackay ao seu lado.

Essa história é tão comovente que mostra que o verdadeiro realmente existe! Também mostra que, não importa quão traumático tenha sido a sua vida, se a pessoa certa aparecer, tudo será possível. De fato, ainda é preciso levar uma vida longa e feliz quando se consegue superar certos traumas.

Matéria baseada em informações do site Nation

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here