O poder da amizade e da empatia para com um homem sem-teto foi capaz de retirá-lo das ruas.

Leea Mechling viu a foto do seu colega de classe Coy Featherston na primeira página da edição de setembro do Austin American-Statesman e reconheceu na hora o seu amigo do ensino médio.

Coy Featherston era um jovem extrovertido quando estudavam juntos em Corpus Christi, no Texas, EUA. E Leea sentiu que precisava fazer alguma coisa para ajudar o antigo amigo.

“Você não pode deixar as coisas persistirem quando vê algo assim. Você precisa reunir as tropas e entrar direto”, disse Leea Mechling ao The Washington Post.

Leea foi atrás de Coy e após um pouco mais de três dias de busca, o encontrou nos arredores da Paróquia Católica de St. Austin, perto da Universidade do Texas, em Austin.

Coy conversou com a amiga brevemente e contou que vivia nas ruas havia 20 anos.

Depois desse primeiro encontro, Coy foi levado para a casa de um outro colega de colégio, onde agora tem onde comer, beber, dormir, tomar banho e se divertir também, tocar violão.

Agora os seus ex-companheiro de classe lutando, cada um em sua área, para ajudá-lo a fazer um tratamento de saúde mental, além de conseguir benefícios da Previdência Social.

Eles criaram uma campanha online no GoFundMe para Coy e se surpreenderam com os resultados.

A meta inicialmente era de 2 mil dólares, mas eles já arrecadaram de 16 mil dólares.

Coy agradeceu: “Eu tenho muito incentivo de muitas pessoas que conheço há anos e anos. Como você fica longe dos amigos? E você sabe que eles são amigos porque estão ajudando você”.

A entrevista foi dada ao Austin American-Statesman.

Com informações do TanksGoodNews, Washigton Post e Austin American-Statesman

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here