É um verdadeiro milagre da natureza que essas araras azuis tenham nascido em uma área que foi devastada pelas queimadas recentemente na Amazônia.

O registro desse acontecimento aconteceu por causa de um estudo que ocorreu no entre o início e meio deste mês na Área Natural de Manejo Integrado, ANMI, na parte da Floresta Amazônica que fica em San Matias, na Bolívia. As araras azuis fazem parte de uma espécie que vive exclusivamente por lá, no Paraguai e também no Brasil.

Mas se engana que esse milagre foi por acaso. Além da ajuda da natureza, ele só foi possível graças aos esforços e trabalho conjunto entre a Fundação para Conservação do Papagaio da Bolía e a ANMI San Matias que, durante três anos, é uma das principais parceiras para conservação da arara azul.

O grupo de colaboradores fruto dessa parceria, simplesmente percorreram mais de 800 quilômetros de reserva natural, para mapear e também buscar o reaparecimento de formas de vida.

Segundo Jhonny Salguero, responsável pelas operações de conservação do pássaro, as árvores onde a arara azul havia se reproduzido já haviam sido identificadas.

Durante a revisão, 34 cavidades foram encontradas em árvores e 10 ninhos com pombos e ovos.

Os pesquisadores comentam que, embora a espécie não tenha sofrido tanto dano durante os incêndios recentes, um acompanhamento de toda a área será mantido nos próximos meses.

Com informações do Nation

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. A morte é cruel mas a vida é teimosa. Mãos criminosas incendiaram onde mãos benditas haviam preservado mas estas mesmas incansáveis mãos não vão desistir da tarefa, não importa quão árdua, improfícua e espinhosa seja, bebês estão nascendo, é preciso conservar sua esperança, animais retornarão, é preciso acolhe-los, aves voltarão para refazer palha a palha os seus ninhos, assim que reverdecerem os galhos que sobraram, é preciso ouvi-las cantar seu lamento e sua imensurável dor. O mal não tem tanto poder assim, invernos não são eternos, incêndios se apagam, primaveras reflorescem, rios se descontaminam e o verde brota do chão, teimoso e obstinado, provando que Deus existe acima de tudo e de todos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here