Carter Blanchard, um garotinho de 8 anos que mora em Arkansas, Estados Unidos, entrou em depressão e passou boa parte da sua muito mal por ter vitiligo, no entanto, quando ele conheceu o doguinho Rowdy, que tem a mesma condição, o seu mundo ganhou cor e mudou para sempre.

O pequeno Carter começou notar como manchas estranhas apareciam ao redor dos olhos quando ele era menor e o diagnóstico dos médicos foi imediato: vitiligo, uma condição incomum que cria uma despigmentação na pele, causando uma série de manchas brancas pelo corpo.

Carter acabou se sentindo diferente por conta disso e, aos poucos, perdeu a sua confiança e autoestima, entrando assim em depressão – o que é preocupante ainda mais se tratando de uma criança. Carter disso que chegou a não gostar de si mesmo quando era mais novo e que não queria ter as manchas.

“Um dia eu o levaria para a escola e a primeira coisa que ele me disse quando entrou no carro foi que odiava o rosto e odiava a sua aparência. Ficou claro que eu precisava de ajuda e em breve”, lembrou Stephanie Adcock, mãe de Carter.

Sua mãe, preocupada com a tristeza do filho, fez o que podia para ajudá-lo até que conheceu alguém que certamente poderia retribuir na vida de Carter com alguma felicidade. Mas não foi uma pessoa, mas um cão labrador de 13 anos chamado Rowdy, que havia sido curiosamente diagnosticado com vitiligo como o filho e curiosamente também tinha manchas ao redor dos olhos.

Stephanie estava muito empolgada com a descoberta e queria que eles se encontrassem, no entanto, existiam muitas barreiras na época. A principal delas era a distância porque eles estavam no Arkansas e Rowdy no Oregon, e a família não tinha recursos financeiros para a viagem.

Felizmente, quando a história de Carter ganhou as redes sociais, alguém de um grande coração fez uma doação de US$ 5.000 dólares, possibilitando que essa encontro acontecesse. O dia em que aconteceu foi inesquecível para Carter e sua mãe, principalmente ao ver como o cão mudou a perspectiva do filho sobre a sua condição. A experiência foi mágica e curativa para Carter.

Após essa emocionante reunião e depois de um longo período em sua vida, Carter sorriu novamente e seu olhar estava diferente e ele estava mais confiante em relação a sua aparência.

Agora, a mãe e o dono de Rowdy estão procurando alguma solução para que essas almas gêmeas possam se encontrar com mais frequência e, assim, poderem continuar desenvolvendo a autoestima de Carter.

Fonte indicada: Nation

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here