Que cada um vibre na sua própria frequência e alcance seus objetivos, independentemente do que sejam. Todos temos o direito à felicidade, ao prazer e a tudo o que consideramos o melhor desta vida.

Tem muita gente querendo acumular coisas: Desde dinheiro a roupas e sapatos. E isso não é um problema, afinal cada um tem suas necessidades e é preciso que saibamos disso. Há de se respeitar, enfim, as escolhas e o direcionamento de cada um.

É claro que há muitas pessoas que escolhem pela futilidade, mas cada um tem o seu próprio processo de entendimento das coisas e de evolução. Não cabe a nós julgar o que é certo ou errado no aprendizado do outro. Da mesma forma, não há argumentos que façam sentido para justificar a prática de privar o outro do direito de ser quem é. Porque também não queremos ter cassado o nosso próprio direito a viver plenamente as nossas escolhas.

Se para alguns, a prioridade é trocar de carro todo ano, torça para que esta pessoa alcance a sua meta e se preencha com aquilo que acredita.

As minhas prioridades são muito claras: afeto e trocas significativas. Oportunidade de ter reciprocidade em todos os sentimentos que cultivo e distribuo.

Ter a o meu redor gente linda que comungue com tudo que acredito e que vibre nas mesmas emoções e sentimentos que eu. Pessoas que se preocupam em ser, muito mais do que em ter coisas. Pessoas que se importam em estabelecer trocas profundas e verdadeiras.

Pessoas que queiram abraçar, beijar, propagar palavras de paz, amor, incentivo, beleza. Isso que tem todo o valor do mundo para mim, isso que é ouro. A amizade, o carinho sincero, a parceria, o amor, a verdade no que é trocado e sentido. Carinho, abraço e beijinhos, tudo isso, e muito mais.

Pessoas que já conseguem ser inteiras em seus sentimentos, e por isso transbordam para outras tudo de melhor que possuem; pessoas que já conseguem ter luz própria, e por isso são como vaga-lumes distribuindo sua luz e iluminando todos os caminhos.

Que cada um possa seguir e alcançar aquilo que acredita e ser muito feliz. Que cada um possa se realizar. Não vamos atrapalhar uns aos outros, com críticas toscas. Se puder facilitar e contribuir, se aproxime, caso contrário, vá em busca das suas prioridades e metas. Vá ser feliz e não atrapalhe o modo de ser feliz do outro.

As escolhas dos outros não são suas escolhas e se não te afetam, deixe os outros em paz. O mundo é vasto com infinitas possibilidades. É um farto banquete e você escolhe o que quer. Eu escolho o que eu quero.

Ninguém precisa discutir, brigar por causa disso, criticar, cada um está em um momento, tem o seu entendimento do que é bom, do que é atrativo, do que seduz, no que o convém, do que não convém.

Sigamos em paz, livres de opiniões alheia, de um modelo de felicidade que nos é imposto e que não combinam em nada com o que realmente queremos.

Você é você, Eu sou, Eu. Cada um vivendo à sua maneira.

Foto de Ana Francisconi de Pexels

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Patricia Tavares
Sou Psicóloga e Reikiana nível 2, trabalho há 20 anos em consultório com psicoterapia, hipnose clínica. Já trabalhei em hospital, núcleo de violência da mulher. Acredito na vida, no amor, nos bons sentimentos, no perdão, na beleza da alma, na superação, no ressignificar, na humanidade. Adoro escrever e falar sobre sentimentos, superações, motivar pessoas, conseguir promover o melhor, despertar o que possa ser maravilhoso em cada um de nós e libertar pessoas de suas prisões emocionais, com uma nova e especial forma de viver, independente dos acontecimentos da vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here