Que sejamos capazes de enxergar ao outro que passa pelo nosso caminho, mesmo que não tenhamos uma religião ou acreditamos em um “ser maior”.

Que não sejamos indiferentes a capacidade humana de regeneração, no perdão e na reconstrução de vidas daqueles que, talvez, tenham errado mais  do que nós.

Que não busquemos refúgio no cinismo quanto a vida estiver difícil. Afinal, é preciso crer em algo, e essa crença pode ser na esperança de dias melhores e de novos caminhos.

Que não sejamos preconceituosos com quem traz um “Deus” dentro de si. Afinal, a liberdade é um dos maiores dons da humanidade.Que não sejamos injustos com a diferença. Não é preciso reproduzir um hábito ou crença, basta que o respeitemos.

Que levemos nossas vidas com parcimônia e reflexão: pensar no permite olhar melhor para os detalhes.

E, como já descobriram os sábios, a felicidade mora nas pequenas coisas e pode ser encontrada “em momentos de descuido”.

Amém para o que e quem vier para o bem!

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



É idealizadora, administradora e responsável editorial do site CONTI outra e de suas redes sociais. Psicóloga com 20 anos de experiência, teve sua trajetória profissional passando por diversas áreas de atuação como educação, clínica (consultório, grupos pré-cirurgia bariátrica e de reeducação alimentar, acompanhamento de pacientes idosos e acamados em projeto da UNIMED), além de recursos humanos e saúde do trabalhador. Teve um programa diário, o CONTI oura, na rádio 94.7 FM de Socorro. Atualmente realiza vídeos, palestras, cursos, entrevistas, e escreve para diversos canais digitais. Sua empresa ainda faz a gestão de sites como A Soma de Todos os Afetos e Psicologias do Brasil. Possui mais de 11 milhões de usuários fidelizados entre seguidores diretos e seguidores dos sites clientes. Também realiza atendimentos psicológicos online e possui um Podcast semanal, ao lado de Felipe Souza, o "Corra, Forrest, corra!" que trata de assuntos da atualidade mesclando-os com dicas de filmes e séries.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui