Já faz mais de duas semanas que a Amazônia sofre com incêndios que devastaram mais de 500 mil hectares. Centenas de animais perderam suas casas e milhares de árvores e plantas morreram queimadas pelas chamas. Esperamos que essa catástrofe termine logo, mas o que acontecerá com o pulmão do mundo quando tudo isso terminar?

Brigitte Baptiste, reitora da Universidade EAN, disse à RCN Diario que a Amazônia poderá levar até 200 anos para se recuperar devido aos danos que sofridos pela rápida disseminação do fogo. A Amazônia fornece 20% de oxigênio para o restante do planeta.

Reuters.

“O dano é muito grande. Seria necessário esperar 200 ou 300 anos de recuperação natural ou assistida para que a complexidade da floresta, sua biodiversidade e sua funcionalidade sejam, de novo, moderadamente semelhantes ao que está sendo destruído hoje”. –Brigitte Baptiste, reitora da universidade EAN para o RCN Diario-

Reuters.

A ambientalista, que também é ex-diretora do Instituto Humbolt, disse que, embora o país tenha assinado um tratado de biodiversidade na área na década de 1990, ele não é mais vigente.

“O Brasil foi o que saudou a assinatura do Tratado de Biodiversidade e Mudança Climática no ano 92. Isso é uma bofetada em todo o planeta dizendo: olha que esses acordos não são mais válidos, não estamos interessados”. –Brigitte Baptiste, reitor da universidade EAN para o RCN Diario-

Reuters.
Reuters.

A quantidade de fumaça e carbono que foi gerada devido aos incêndios gerará reações naturais que serão sentidas em outras áreas do mundo. Colômbia e Peru são duas dessas áreas afetadas.

“A quantidade de fumaça e carbono que é injetada na atmosfera terá efeitos muito importantes sobre a perturbação climática, chuva, erosão, destruição geral dos ciclos ecológicos de toda a bacia e certamente sentiremos isso aqui, principalmente na Colômbia e no sopé da montanha peruana”. –Brigitte Baptiste, reitor da universidade EAN para o RCN Diario-

A reitora revelou como é importante evitar incêndios florestais devido às terras que serão afetadas e às mudanças climáticas. Ela recomendou que as autoridades tomem medidas para evitar novos e grande danos no futuro.

NASA

Dias atrás, a NASA publicou uma imagem de satélite que revelou os vários focos ativos que os incêndios deixaram. É simplesmente preocupante. Além disso, vários artistas do mundo do entretenimento mostraram seu apoio à Amazônia por meio de suas redes sociais. Eles buscam levantar um sinal para a campanha #PrayForAmazonia, uma petição para parar os incêndios. Se você deseja contribuir, clique no link a seguir

O que acontece na Amazônia é lamentável. Estamos perdendo uma importante fonte de purificação de oxigênio sem contar a fauna e a flora que estão sendo devastadas. Uma vez que esta tempestade passe e as áreas estejam limpas, um plano para reflorestar rapidamente os hectares afetados deve ser colocado em prática. O meio ambiente precisa de nós e não temos tempo a perder.

Matéria traduzida e extraída do site UPSOCL / Imagem de capa: Reprodução

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Não estaremos aqui há 200 anos para testemunhar o renascimento das áreas devastadas ou talvez estejamos se nos permitirem renascer para respirar a floresta nova mas tomara não tenham voltado também os incendiários, os que consentiram porque se calaram, porque foram cúmplices destes crimes contra a vida e contra a humanidade. Tomara não lhes seja permitido incendiar de novo onde anjos humanos reflorestam, esfolando dedos e quebrando unhas nas pedras, criando um céu de paz onde infernos devastaram. Em 200 anos, que apenas retornem aqueles que preservarao a fauna e a flora, bendizendo, de joelhos as árvores que crescem, sobre as cinzas das que morreram e os bebês animais que renascem sem medo de flechas e rifles, na abençoada Terra de todos e de cada um.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here