Gabriel Massote Pereira é um advogado brasileiro que recentemente procurou sua doadora de medula óssea para recompensá-la.

A doadora, chamado Elza, está atualmente desempregada e sofreu de depressão nos últimos meses devido à morte de seu pai. Elza não tem casa própria e mora em uma igreja com o marido e dois filhos.

Em 2011, quando Gabriel tinha 27 anos, ele foi diagnosticado com câncer de glóbulos brancos. Ele foi tratado e parecia saudável, mas a doença voltou mais forte dois anos depois, quase fatal.

O câncer levou 97% das células do paciente e sua única salvação seria um transplante de medula óssea.

Os médicos pediram paciência a Gabriel, já que apenas 1 em cada 100.000 doadores seriam compatíveis. A família de Gabriel até procurou doadores de outros países, mas sem sucesso.

Por outro lado, Elza é uma mulher de 39 anos, de origem humilde. Em 2010, um grupo de médicos voluntários se aproximaram da comunidade a qual ela fazia parte para conscientizar as pessoas sobre a importância da doação de medula óssea.

Elza não sabia muito sobre isso, mas decidiu fazer parte de uma boa ação. “Naquela época, meu pai estava de cama e eu sabia o quanto as pessoas sofrem quando estão doentes. Se eu pudesse ajudar alguém, faria isso” , disse Elza.

Em 2013, graças a um tubo de sangue de 5 mililitros que Elza deixou com voluntários em 2010, os médicos perceberam que ela era compatível com Gabriel.

A mulher foi contatada e viajou para fazer a doação que Gabriel precisava. “Não faz mal, ele coloca uma injeção no umbigo e fica hospitalizado por cerca de cinco dias. A remoção da medula ocorre no quinto dia, em um procedimento que dura de quatro a cinco horas ”, disse Elza.

Finalmente, Gabriel recebeu o transplante de medula óssea. No entanto, ele precisava de glóbulos brancos para resistir às complicações do procedimento. Mais uma vez, Elza foi sua salvadora, doou linfócitos suficientes para ajudar Gabriel.

Algum tempo depois, Gabriel se recuperou completamente da leucemia. Disposto a agradecer e recompensar sua salvadora de alguma forma, o advogado decidiu fazer uma campanha para arrecadar dinheiro e poder usá-lo para comprar uma casa para Elza.

O objetivo era arrecadar US $ 25.000, que ele conseguiu graças à ajuda de pessoas que conheciam a história e queriam doar, familiares e amigos que procuravam ajudar Elza a ter um lar.

Agora Elza e sua família têm uma nova casa graças a suas boas ações do passado que a recompensaram de uma maneira incrível.

***
Tradução de Destaques Psicologias do Brasil do original de Nation.
Fotos: Reprodução/Nation.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here