A história remonta ao verão de 1853, quando George Crum, meio afro-americano e meio nativo americano, trabalhava como chefe de cozinha na cavernosa cozinha de Moon’s Lake House, em Saratoga Springs, Nova York.

Cornelius Vanderbilt, um rico proprietário de barcos a vapor, entrou no restaurante e pediu para as famosas batatas fritas Moon´s com uma galinha ou uma perdiz na madeira. Mas quando Crum os preparou e serviu como faria normalmente, Vanderbilt os rejeitou.

As batatas eram muito grossas, então o chef criou outro lote, mais fino desta vez, mas o homem os rejeitou novamente. Crum não levou a crítica bem assim e em sua raiva, o chef raspou os melhores pedaços de batata possíveis em óleo quente e fritou-os até que eles ficarem duros e crocantes. Finalmente, ainda por cima, ele adicionou uma quantidade generosa de sal.

Em seu plano de vingança, ele enviou as fatias marrons e frágeis para a mesa como um insulto, mas para sua surpresa, o prato acabou sendo um sucesso com o chefe e um novo lanche nasceu.

A proprietária, Harriet Moon, logo declarou que essas fritas seriam servidas a partir de agora e como o prato principal de seu restaurante. Anos mais tarde, o Crum abriu o seu próprio restaurante, o Crum’s Place, nas proximidades.

Servido em cada mesa, houve, naturalmente, um cesto de batatas fritas que foram um sucesso com a sua clientela chique. Lá, milionários como Vanderbilt faziam fila por horas para alguns “chips Saratoga”.

Entretanto, naqueles dias, negros não podiam obter patentes sobre suas invenções, e Crum nunca teve a patente pela criação batatas fritas.

Felizmente, a História também serve para isso: para que mesmo em épocas difíceis e injustas, futuras gerações possam saber o que realmente aconteceu a creditar os verdadeiros responsáveis por cada ato ou criação feita.

Adaptado e traduzido do site Nation

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here