Toda segunda e quinta-feira, o pediatra Ivan Fontoura, de 92 anos, acompanha Eva, sua esposa, que é enfermeira, em uma clínica de saúde em Pontal do Paraná, no Brasil, para cuidar de 30 crianças gratuitamente.

O trabalho desse casal é completamente filantrópico, uma vez que nenhum deles recebe qualquer remuneração. “Vou trabalhar até que meu corpo não possa mais”, diz o Dr. Fontoura.

“Sempre me conectei com crianças necessitadas e queria continuar. Havia a necessidade de ajudar aqui, porque as pessoas me conhecem e querem que eu as acompanhe. Graças ao apoio da minha esposa, é possível fazê-lo de uma maneira melhor”, diz o médico.

O pediatra se formou em 1951 aos 24 anos de idade na Universidade Federal do Paraná. Ele então completou uma pós-graduação e, em seguida, um mestrado pela Universidade da Califórnia e um doutorado em Sourbone, França.

68 anos de experiência trabalhando com crianças fizeram este médico ter um carinho especial por eles.

Desde a infância, ele sonhava em ser médico, graças ao seu empenho e compromisso, ele realizou seu sonho e decidiu ajudar quem mais precisava.

O Dr. Fontoura se aposentou em 2005, quando seu último trabalho foi como diretor de hospital, onde procurou implementar um atendimento mais humanizado aos pacientes. Após um ano de descanso, o médico voltou ao trabalho, dessa vez de forma voluntária e gratuita.

Os habitantes do Pontal do Paraná o tratam com grande respeito e admiração devido a sua humildade no momento do trabalho.

A paixão pela medicina e o desejo de ajudar os outros tornaram possível que Ivan Fontoura tenha ajudado centenas de crianças com seus problemas de saúde.

Matéria traduzida do original publicado em Nation
Imagem de capa: Reprodução/Nation

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here