Fazer sua filha confiar em você não é fácil, especialmente em certas épocas em que o mundo dela é mais complicado.

Tornar difícil não significa que seja impossível. Estabelecer um bom relacionamento com sua filha é muito possível, requer apenas algumas atitudes e decisões que lhe darão bons resultados.

Para que você possa atingir um alto nível de confiança, você deve seguir apenas algumas dicas que lhe daremos hoje.

Dicas para sua filha confiar em você

Conforme os anos passam e as gerações mudam, a confiança que as crianças podem ter com seus pais é vital. O fato de sua filha lhe contar as coisas é uma amostra muito importante de seu grau de confiança. Com essas dicas você vai melhorar seu relacionamento com ela:

1. Ouça-a sempre que puder. Dê a ela um pouco do seu tempo, passe algum tempo com ela, veja-a como uma amiga em quem você pode confiar.

2. Valorize as coisas que são importantes para você. Seus gostos, as atividades que ela faz, o que é realmente importante para ela. Passe o máximo de tempo possível com ela, para que eles possam fortalecer seu vínculo.

3. Pergunte como ela se sente. Que elas percebam que você valoriza o humor e os sentimentos delas. Embora, por vezes, não nos digam tudo o que acontece ou sentem, podemos dar-lhes um pouco de apoio para que sintam a confiança necessária para o fazer.

4. Respeite sua privacidade. Embora você possa consultar com confiança como se sente, não pode abusar muito disso. Também é importante dar o seu espaço e tempo.

5. Está sempre presente quando você precisa. Se há algo que as crianças valorizam muito é que os pais estão lá quando precisam. Isso, além de fortalecer seu vínculo, faz com que elea nos enxerguem como seu maior apoio.

6. Você também pode dar opiniões sobre algum assunto sério. As crianças também valorizam que levamos em consideração suas opiniões. Se tivermos um problema sério para resolver, podemos pedir sua opinião. Você sentirá que seu ponto de vista também é importante para você.

7. Dê o primeiro passo para estabelecer confiança. As filhas muitas vezes têm medo de se aproximar de suas mães, elas nos veem como uma autoridade que poderia julgá-las. Aproxime-se da sua filha pouco a pouco e mostre-lhe que ela pode confiar em você completamente.

8. Mostre a ela que você confia nela também. Observe também que você também tem confiança, isso facilitará a comunicação com você.

A importância da confiança

Um estudo realizado pela Organização Mundial da Saúde observou que a falta de confiança entre pais e filhos aumenta as chances de ocorrer situações de risco na adolescência. Por esta razão, é muito importante que trabalhemos desde que nossos filhos sejam pequenos.

Entre outros benefícios, temos:

1. Quando as crianças têm um bom relacionamento com os pais, elas tendem a ser menos agressivas e reduzem as possibilidades de usar substâncias como álcool ou drogas.

2. Quanto mais confiança a filha tiver com sua mãe, mais difícil será para seu vínculo se romper.

3. Um forte vínculo de confiança com sua filha permitirá que ela melhore sua autoestima e segurança.

4. Isso os tornará muito mais unidos.

5. Se você tiver alguma dúvida em qualquer situação, você será o primeiro a quem recorrer.

Por que às vezes as meninas não confiam em suas mães

Existem muitos fatores pelos quais as meninas geralmente não confiam em suas mães, estas podem ser algumas razões:

1. Eles acreditam que a mãe deles não as entenderá. É muito fácil para as filhas pensarem, mais se estiverem na adolescência.

2. Elas acham que você vai ficar chateado se elas te disserem. Devemos sempre refletir que seremos entendidos em qualquer situação.

3. Às vezes elas preferem não dizer algo por causa da vergonha. O importante é entendê-las.

4. Elas acham que não poderíamos levá-las a sério. Às vezes você pode pensar que realmente não nos importamos com suas emoções, então devemos mostrar a você que sim.

5. Às vezes, você prefere não se preocupar. Ela pode pensar que ela vai nos causar uma preocupação e prefere ficar em silêncio, devemos fazê-la entender que estamos sempre lá para ela e que seus problemas são importantes para nós.

6. Pense que você pode estar desapontada. Ela teme que ela possa causar algum desapontamento, por isso devemos ser o mais compreensível possível e fazê-la entender que não será assim.

É importante estabelecer uma boa comunicação com a nossa filha, uma vez que ela é pequena, para que ela possa sempre confiar em nós.

Fonte indicada: Eresmamá
Imagem de capa: Pexels

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here