O plano está definido para o ano de 2021 e parece que já está a caminho de ser cumprido.

A Costa Rica abriga 6% da biodiversidade mundial e está focada na proibição de todos os carbonos e plásticos de uso único em um plano de dois anos. Se tudo continuar a caminhar como está agora, é possível que se tornem o primeiro país livre de carbono e plásticos até 2021.

O país anunciou pela primeira vez seus planos para eliminar o plástico para uso único em junho de 2017 e lançou uma estratégia nacional para substituir plásticos por materiais recicláveis ​​e solúveis em água.

Além disso, a Costa Rica prometeu ser neutra em carbono até 2021 e, em maio do ano passado, o presidente Carlos Álvaro Quesada, novamente comprometeu-se com um plano de proibição de combustíveis fósseis, incluindo gás e diesel.

Para uma nação ser neutra em emissões, tem que eliminar a maior quantidade de carbono que o ambiente contém. Para conseguir isso, você tem que plantar árvores. A Costa Rica dobrou sua área florestal de 26% em 1984 para mais de 52% em 2017, segundo a ONU.

A nação, sem dúvida, vive em um futuro mais respeitoso com o meio ambiente: e 99% de seu uso de energia vem de fontes renováveis, como a energia eólica e solar.

A Costa Rica é um país modelo e todos devem dar seus exemplos.

Matéria extraída do site Nation

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here