Querida mãe, eu sei que desde a minha chegada as noites mudaram muito. Cada uma delas se tornou mais difícil que a outra. Eu também entendo que isso afeta até mesmo os seus dias. Eu assisto você e agradeço seu olhar cansado. É por isso que me sinto afortunado, abençoado.

É que mesmo sacrificando e entregando tudo por nada, percebo a felicidade que você sente por me ter. Encontro em seus braços meu melhor refúgio, a verdade da vida e do amor. Você é quente e carinhosa. A alegria pela qual meu mundo gira.

Obrigado mãe por me amar e pacientemente dedicar seu tempo. Por cuidar de mim com tanta suavidade e doçura. Eu também agradeço por todas as ninadas capazes de me acalmar à noite. Mesmo para aquelas belas histórias clássicas e aquelas em que você deixa sua imaginação voar.

As noites que temos desde que nasci

Eu entendo mãe os tipos de noites que nós compartilhamos desde o dia em que eu entrei em sua vida. Por exemplo, ontem eu acordei a cada hora pedindo para você me pegar. Eu realmente fiz isso porque eu precisava de você. Este mundo em que não sinto a cada segundo a batida do seu coração me assusta.

Eu preciso de sua proteção, contenção e afeição. Há tanta paz, amor e segurança em seus braços que você não consegue alcançar as palavras para compreendê-las. De qualquer forma, apesar da minha insistência, observei seu rosto simpático, resignado, disposto a me agradar.

Você me deu o mais rico e saudável com seu melhor sorriso: leite materno, acariciei seu peito quente, agarrei-me a você com meus dedinhos. E embora suas pálpebras se esforçassem para não fecharem por causa do sono, você não tirou os olhos de mim. Você olhou nos meus olhos, como se estivesse vendo além.

Eu entendi qual é o valor do sacrifício e da dedicação. Do amor verdadeiro e incondicional. A generosidade visceral. Eu realmente valorizo ​​tudo o que você fez e faz por mim todos os dias. Por essa razão, eu estendo meu pedido de desculpas, mas explicando que eu só precisava sentir perto de mim o afeto e o carinho da minha heroína nessa bagunça.

Eu sei que você precisa dormir. Mas você sabe o quê? Eu não posso controlar minhas fases do sono ou minhas necessidades. Tudo responde a questões biológicas. Não dê ouvidos àqueles que afirmam com veemência que eu tento manipular você. Eu preciso de segurança da mesma forma que uma pequena barriga cheia de leite ou de uma fralda que não irrite a minha delicada pele.

O que eu quero que você saiba sobre mim à noite

Não, ainda não conheço a importância e a função dos tetos e paredes. Para mim, meu refúgio são os seus braços. Minha salvação é você. Meu mundo, minha comida e minha vida inteira. E não, ignore aqueles que dizem que é hora de me tornar mais independente.

Bem, eu não deixo de ser um simples bebê de alguns meses. O tempo vai me ensinar sobre autonomia e liberdade. E você estará disposta a esses ensinamentos e lições. Mas deixe-me aproveitar você agora e tire vantagem de mim com todas as suas forças. Porque o tempo passa rapidamente e, quando você perceber, será tarde demais: não voltará.

Sim, não nego que preciso de você para absolutamente tudo. Você é minha bengala e meu guia. Minha luz e meu caminho. Acredite, eu realmente preciso que você responda ao meu choro, que não é de todo caprichoso. Obrigada por me dar esse conforto, não importa que horas sejam.

Com todos esses belos gestos de amor, você me ensina pouco a pouco que o mundo, afinal, é um lugar confiável. Obrigado por me dar esse consolo que eu preciso tanto. Você esquece que no dia seguinte você tem que ir trabalhar e ainda realizar tarefas domésticas diferentes.

Anime-se mãe, você me faz muito bem!

Enfim, fique firme e com a cabeça erguida, sabendo que tudo isso é um investimento. No futuro, esses detalhes que complicaram as suas noites serão apenas uma lembrança. Uma piada passageira de quão forte e corajosa você se tornou. Uma ligeira careta vai aparecer seu rosto, porque para cada desconforto, mil bênçãos maternas virão à sua mente.

Enquanto isso, os seus abraços, beijos e carícias são tudo que eu preciso. Mas, por enquanto, prometo que, quando estiver pronto, vou seguir meu caminho. E aí, sim, graças a tudo que você fez por mim, a minha trajetória também será firme e alegre por causa de todo o amor que recebi da minha pessoa favorita no mundo. Eu te amo com alma e coração…

do seu bebê.

Texto traduzido e adaptado do site Eresmamá
Imagem de capa: Pexels

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here