Este homem poupou toda a sua vida e foi capaz de doar mais de 3 milhões de dólares para que jovens pudessem ter uma carreira.

Dale Schroeder é um homem de Iowa, EUA, que trabalhou como carpinteiro por 67 anos. Ele sempre teve uma vida austera, como as pessoas próximas a ele mencionam que ele só tinha duas calças e dirigia um caminhão Chevrolet enferrujado.

Graças a sua vida sem frescuras, Dale conseguiu economizar mais de três milhões de dólares com os quais estabeleceu um fundo para estudantes em sua localidade que não puderam pagar as mensalidades da universidade.

O fundo começou após sua morte em 2005, e agora, 14 anos depois, esses fundos foram esgotados, permitindo que 33 jovens fossem para a faculdade.

Schroeder cresceu como uma pessoa de recursos limitados e nunca pôde frequentar a faculdade. Ele nunca se casou e não teve filhos, mas pouco antes de morrer em 2005, ele se aproximou de seu amigo e advogado, Steve Nielsen, para conversar sobre o que fazer com suas economias.

“Ele queria ajudar crianças que eram como ele, que provavelmente não teriam a oportunidade de ir para a faculdade, esse era o presente dele”, disse Nielsen à rádio KCCI. “Eu disse: “De quanto estamos falando, Dale?” E ele disse: ‘Oh, pouco mais de 3 de milhões”. “Eu quase caí da cadeira”.

A maior parte desse dinheiro foi para o fundo de bolsas criado por Schroeder, que ajudou futuros professores, médicos e outros profissionais a realizar seus sonhos de continuar seu ensino superior.

Os 33 jovens que se beneficiaram dessa bolsa, referem-se a si mesmos como “Crianças de Dale”, lembram que todos eles foram convidados a lembrar de Dale e tentar imitar seu exemplo como profissionais.

Kira Conrad é uma dessas beneficiárias e lembra-se do dia em que a Nielsen informou-a de que suas mensalidades haviam sido pagas.

“Eu cresci em uma casa de mãe solteira e tinha três irmãs mais velhas, então pagar a faculdade das quatro nunca foi uma opção. Quando Steve Nielsen falou comigo ao telefone dizendo que minhas mensalidades haviam sido pagas, comecei a chorar imediatamente. Para um homem que nunca me conheceu, me permitir ir para a faculdade, isso é incrível. Isso não acontece.”

Heróis anônimos como Dale nos fazem recuperar a fé na humanidade.

Matéria traduzida e adaptada do site Nation

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Me faltam palavras para descrever um ato como esse. É mesmo dizer que atos como esse nos levam a acreditar que, ainda existem pessoas altamente diferenciadas com relação a amor ao próximo, principalmente quando esse próximo é um simples desconhecido!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here