Em pleno século 21, ainda é difícil acreditar que existam pessoas com a mente tão fechada que não entendem que amor é amor, independentemente do gênero ou da orientação sexual de uma pessoa. Os homossexuais são rejeitados por grande parte da sociedade, mas muitas vezes esse repúdio vem das próprias famílias. Felizmente, alguns avós fazem o que for preciso para defender seus netos, mesmo enfrentando aqueles que criaram por anos.

Um avô defendeu seu neto gay escrevendo uma carta para sua filha, onde ele a repreendeu por tê-lo repudiado apenas por causa de sua orientação sexual.

Christine expulsou Chad de sua casa porque ele prefere estar com um homem e não com uma mulher, como o jovem explicou ao site Someecards.

Someecards

“Ela me expulsou de casa porque é o que Jesus queria ou qualquer outro motivo que desculpe os apelos religiosos que as pessoas usam para justificar seu fanatismo.”, disse Chad para o Someecards

Ao saber disso, seu avô não hesitou em defendê-lo, escrevendo uma mensagem para sua filha, expondo a hipocrisia e a má educação de Christine, rejeitando-a da mesma forma que ela negou seu filho.

Someecards

“Querida Christine, estou desapontado com você como filha. Você está certa de que temos uma “vergonha na família”, mas estamos errados sobre quem é. Removendo Chad de sua casa simplesmente porque ele lhe disse que era gay é a verdadeira “abominação” aqui. Um pai que nega seu filho é o que vai “contra a natureza”. Descreve o avô de Chad na carta para sua filha Christine, mãe do jovem.

O avô lembrou que ser gay não é pecado e a repreendeu pelas palavras duras que usou contra Chad.

“A única coisa inteligente que eu ouvi em tudo isso foi que” você não educou seu filho para ser gay”. Claro que você não o fez. Ele nasceu assim e não escolheu mais do que ele escolheu para ser canhoto. No entanto, você escolheu ser prejudicial, com uma mente fechada e atrasada”, continou na carta.

Finalmente, ele declarou que ele próprio cuidará da educação de seu fabuloso neto e que ele não tem tempo a perder com atitudes tão absurdas quanto as dela. Além disso, a convidou a mais uma vez recuperar seu coração e voltar para eles.

“Então, enquanto estamos no negócio de repudiar nossos filhos, acho que aproveito este momento para dizer adeus a você. Agora tenho que criar um neto fabuloso e não tenho tempo para as palavras cruas da minha filha. Se você encontrar seu coração, ligue para nós”, encerrou.

Dizem que os avós amam mais os netos que os filhos e é verdade. Este avô defendeu com unhas e dentes a sua descendência, que é a coisa mais preciosa da sua vida e nunca o julgará pela sua orientação sexual. Espero que Christine reconsidere logo e não perca o Chade por causa do seu preconceito.

Artigo traduzido e adaptado do site UPSOCL

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

51 COMENTÁRIOS

  1. Nós não fomos educados para conviver com as diferenças, mas acredito profundamente, no mais íntimo dos meus pensamentos, que o respeito, o amor, empatia e tudo mais que disser respeito a fraternidade humana. É que devemos fazer tudo pelo nosso próximo, seja ele quem for. E não importando o que ele for, devemos amá-lo e protege-lo com carinho e afeto cristão. Pois, não seremos nós quem vamos julgar, se o próprio Cristo falou…” Eu também não te julgo, vai…” a atitude, os equívocos alheios, pois aos nossos que são vários cabe a nós mesmos compreendê-los e consertá-los. Penso. E deixo aqui a minha feliz e emocionado texto para o Nobre vovô, que Deus te proteja e ilumine sempre. Pois sua atitude foi Cristica, parabéns.

  2. Nilson, fantástica a tua resposta!! Muito bem! Essa é uma situação muito delicada. Porém, é importante que à medida que mencionamos ‘cristianismo’ e sua ‘obrigação’ em amar, no contexto, é importante que se cite que, sim, o próprio Cristo disse “… Eu também não te julgo, vai…”, porém, o “… e não peque mais.” tem que ser considerado parte de SUA atitude. Omitir a segunda parte do ‘mandamente’ não é usar o argumento corretamente, só porque não é popular também não é ‘totalmente Cristão’ meu amigo!

  3. Essa é uma questão que afeta profundamente a humanidade. Alguns se apegam nas letras frias da Bíblia e outros, como eu, preferem defender a essência do evangelho, o amor ao próximo.

    • Exatamanete, deus no deu o nosso livre arbítrio para escolhemos, eu tipo sou daqueles acha errado pois temos princípios deixado por deus porem são seres humanos,tenho amigos gay que nos damos numa boa e ele sabe minha posição quanto a isso, posso não concordar mas respeito pois cada um tem sua, chutar uma pessoa porque é diferente pra mim e uma atrocidade pior ainda mais sendo seu filho, o vovô tomou uma posição perfeita sobre o caso.

  4. Quer dizer, o avô é Cristofóbico. Não suporta ver o diferente, o seguidor de Cristo. Expulsou a filha da própria vida porque ela é Cristã. Poderia acolher esse neto, mas seu ódio a Cristo não o permitiu parar por aí: teve que destruir a vida da filha da forma mais intolerante em nome da “tolerância”. Ele não a tirou da herança dos bens simplesmente, ele a deserdou, a tratou pior do que trata o próprio cachorro, aquela que lhe deu esse neto que ele diz amar. Isso porque ele usou o amor de pai como vingança, tornando-o moeda de troca, algo consumível. Essa é a mentalidade materialista. Com que moral punir a filha quando age igual a ela? A pessoa sabe que o homossexualismo condena a pessoa ao Inferno e não quer isso para o filho. O que essa mãe fez foi um grito de ajuda, admitindo que não consegue mais consertar seu filho sozinha sem conviver com aquele pecado corroendo a alma do próprio filho. O que o avô fez foi um ato odioso de vingança, sem qualquer respaldo teológico, moral ou filosófico.

    • Então tu acha certo a mãe expulsar seu próprio filho por ser gay, mas acha errado o avô te-la deserdado por ter se decepcionado com as atitudes da filha E assumir a responsabilidade de cuidar de seu neto, que seria o filho que a mesma expulsou por ser gay??

      Tu justificou a mãe ter expulsado o filho, mas achou crueldade que o avô tenha a mesma atitude…

      Mas que porra de lógica hipócrita é essa!?

    • KKKKKKKKKKKKKK parceiro usa a sua religião como uma verdade só pra vc msm e não como se fosse uma verdade universal pra todos doente do caralho kkk não tem nada pra ser consertado no garoto, a mãe que é uma retardada igual vc kkkkkkkkkkkk

    • não seu burro a filha dele abandonou o filho só porque ele é gay, o fanatismo superou acredito que pra tomar uma decisão dessa deve ter avido uma conversa né seu burro, eu deserdaria um filho caso ele roube ou mate alguém por safadeza., cara filho é filho vou ensinalo tudo quando ele ate completar 18 anos depois ele vai esta Ciente do que é Certo ou errado, e se ela é cristão ele tomou uma atitude que vai contra tudo o que ela acredita

    • o idiota, se não tem o que fazer, vá na igreja aprender os retrogrados ensinamentos – quero ver se um dia vc tiver uma ”bicha” na família o q vai fazer – vc deveria aproveitar e ir tomar no cú, e com certeza teremos mais uma ”bicha” no pedaço – crie vergonha nessa cara e vá cuidar da sua vida e deixe os gays em paz

    • Como é que se responde um absurdo desses? kkkkkkkkkkkkkkkk Avo Cristofobico? Onde tu viu isso? Esse avo defendeu o neto, nada mais, de uma mae intolerante que não entende que homossexualismo não é escolha, e simplifica as coisas à intolerancia e ignorancia humanas…Eu queria saber quando é que esses pseudo-evangelicos, que adoram tomar conta do cu alheio, irão se preocupar com o proprio cu…

    • Crente perturbado, vá se tratar infeliz! o garoto tem o azar de ser filho de uma puta , preconceituosa, expulsa o filho de casa que é acolhido pelo avo que com certeza deve se sentir culpado em ter criado um ser humano lixo como você. Ficou magoadinho porque o avo deserdou a fdp? Com certeza, pessoas como vc só se importa com questões financeiras e gente como ela em sua igreja sem dinheiro não vale nada! Cara, enfia esse seu contexto religioso no seu cu e vá chupar Rola que seu mal é esse! Lixo humano!!!

  5. Eu tenho certeza que esse avo agiu conforme o seu coração,pois a atitute desse avo ,nos ensina a rever nossos conceito de familia e amor.Alias o principal comportamento de um sero humano e o carater,os conceitos,compromissos,honestidade,lealdade,as pessoas então perdendo a noção das coisa,do amor,respeito.parabens para o avo.

  6. eu vejo o avo com uma atitude correta em relaçao ao neto e errada em relacao a filha.
    o avo agiu igual a filha. so que como é com a pessoa “má” da historia, ele pode?
    o avo so repetiu o modo operandi da filha.
    que esta filha é cruel, já sabemos, e discordamos da atitude dela.
    que este neto é uma pessoa com livre escolha afetiva e por isso nunca deverá ser julgado por isso tambem já sabemos e concordamos.
    agora, que este avo é tao cruel quanto a filha, isso nao dá pra aceitar.
    é a ta; historia, amar o igual é facil, quero ver amar o pecador!
    e eu quem nem cristã de carteirinha sou!

    • Mas tipo pra ele ter chegado a esse ponto deve ter tido alguma conversa antes com a filha pra ter tomado uma atitude tão extrema, fanatismo e algo muito preocupante velho

    • Parabéns VOVÔ…….JESUS acolheu a todos……a maioria dos evangélicos tem muito PRECONCEITO………hoje derrubam governo com a BÍBLIA NAS MÃOS(BOLÍVIA)…….DESTROEM ESTÁTUAS NOS TERREIROS DE CANDOMBLÉ…….SÃO….E AGEM COM EXTREMA CRUELDADE…….

  7. o avô agiu corretíssimo.Pelo que vi,ele não é cristofóbico. Ela foi infeliz de ter a mente fechada e seguir preceitos bíblicos, já que a bíblia é um livro escrito a mais de 2000 anos.Já que naquela época, a maioria da população do Oriente Médio eram analfabetos.

    • PRONTO AGORA SO FALTA VC DIZER QUE A BIBLIA TA ERRADA …DEUS NAO ERRA FEZ TUDO PERFEITO O HOMEM E A MULHER O RESTO E GAMBIARRA O PROBLEMA DOS homossexualismo E QUE ELES TENTAM CONVENCER A SOCIEDADE QUE ESTAO CERTOS …

      • Concordo com o Crazy, o homossexualismo se acha vitima da sociedade e vem querer impor que estão certos sem tá, deus deixou princípios tudo que ele criou é perfeito, cada um tem o livre arbítrio agora não venha querer impor idealismo que vai contra o que foi estabelecido pelo deus e dizendo que esta correto e jogar a culpa no que ele estabeleceu já é ser muito hipócrita.

  8. Só um comentário, a tradução da carta no final está errada.

    “I don’t have time for a heartless b-word of a daughter”

    a palavra b-word que ele colocou aqui é bitch, puta. Ele só censurou a palavra pq não quis escrever xingamento. Traduzido a frase seria:

    “Eu não tenho tempo pra filhas putas e sem coração”

  9. É fácil crucificar aquela mãe, ou vocês acham que é facil aceitar homossexualismo na sua família. Quando é na dos outros é facil, agora chega seu filho ou sua filha falar que é homosexual. Já pensou sue filho ou sua filha falar que é homosexual, qual seria sua reação? Hagiria com normalidade? Dúvido. Quebra a estrutura de uma família as vezes.. A questão não é ser homofóbico ou não, e sim o que uma família espera de seus filhos, o sonho de uma mãe ver seu filho casado com uma mulher ou sua filha casada com um homem. Vai saber o impacto que a mãe teve para fazer isso. Para vocês verem que este assunto é muito complicado ainda, e inaceitável por muitos. Não adianta a mídia ficar pressionando para todos aceitarem, as pessoas tem seus limites e suas frustrações, seu modo de pensar, agir e seu histórico de vida. A cultura daquela mulher não aceita o fato do filhor ser homosexual, pelo menos por enquanto, pode ser que um dia ela reveja seu conceito. Unica coisa que temos é de respeitar, tanto os que são homosexuais como aqueles que não são adeptos e não aceitam, pois não somos obrigados a aceitar o que para algunss é incorreto.

    • Posso ate ficar com raiva porem é meu filho, e não vai ficar na minha asa pra sempre, mas nunca vou expulsado de casa por causa disso, tentarei e ensinarei o certo ate os seus 18 anos porem ele vai trilhar seu caminho sozinho, e vai ter que me respeitar ate lá e enquanto tiver na minha casa

      • perdeu a oportunidade de cala a boca hein amigo, vc é outro hipócrita tanto quando cara fanático ali em cima,aconselho vc procurar um psiquiatra porque sua crise bipolar bateu forte

    • Se descobrisse que meu filho fosse homossexual, eu ficaria profundamente triste, pois saberia que ele sofreria na mão dos cristãos mais ignorantes, que não aceitariam a homossexualidade de seu próprio filho. Gente covarde que refera amar a um suposto deus do que os seus próprios filhos.

  10. II TIMÓTEO 2
    3 Sofre comigo como bom soldado de Cristo Jesus.
    O Dever de um bom soldado é proteger sua família e a sociedade como todo, nossos parente pra nós não tem defeito temos que proteger a qualquer custo independente do que ele é ou o que ele faz Deus nos Chamou para ser servo e filhos e não para ser Juiz pra julgar ou Condenar ninguém, muito pelo contrario Ele Manda nós amarmos até aqueles que nos amaldiçoa e nos persegue.
    Lucas 6:27-31
    Mas a vós, que ouvis, digo: Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos aborrecem;
    Portugese Bible- Almeida Atualizada
    [Pois o Filho do Homem não veio para destruir as vidas dos homens, mas para salvá-las.] E foram para outra aldeia.
    Lucas 9:56

  11. Temos aqui apenas uma versão da história, contada pelo filho abandonado e ajudado pelo avô. O que podemos perceber é que o avô não compartilha com fé da filha e, provavelmente deu forças ao rapaz para contender com a própria mãe. Sabe-se lá quanto tempo e o que rolou nas discussões entre a mãe e o filho, até aonde essa mãe suportou as atitudes do rapaz, a ponto de abrir mão de sua presença em sua vida. O que está claro é a repulsa do avô pelo lado cristão da filha, agora resta saber se ele vai se agradar vendo seu neto agarrado, trocando caricias com outro marmanjo, até onde ele vai conviver com isso. Só que esse lado da história ele não irá contar.

  12. caramba, parece que os crentes fanáticos tem mais acesso a internet, absurdo vcs continuarem com tanta homofobia. acho que o avô nao deserdou a mae nao, tava dando um “tratamento de choque” pra ela acordar, agora vcs crentes justificarem a falta de amo e respeito pelo rapaz por parte da mae dele e justificarem com o a biblia, a letra crua da biblia? que volte a idade media com queima de gente na fogueira pq os corações de vcs ja estao lá.

    • Deserdou sim. Não leu a matéria? Não foi certo a mãe ter expulsado o filho. Ela devia conversar mais com o filho, se entender com ele. Mas o avô também não agiu certo. Não concordo com a atitude do avô. Se ela é homofóbica, a culpa é de quem? Quem foi que a criou, quem a educou? Ninguém nasce homofóbico. Em vez de conversar mais com a filha, fazê-la mudar de ideia, fazê-la se reconciliar com o filho, o que ele faz? Ele a renega. Ou seja, ele condena o fato da filha ter chutado o rapaz para fora de casa, mas ele fez o mesmo com ela.

  13. Meu Deus. Até nos comentários deste artigo se vê a escuridão dos brasileiros e o atraso que representa a religião evangélica. O avô se posicionou muito bem. O preconceito é intolerável. Mesmo de um filho. Parabéns a esse avô. Mesmo porque ele dá uma chance a ela quando diz pata ligar quando achar o coração. Bela atitude. Sábio pai e avô amoroso.

  14. Eu tenho uma dúvida sobre a responsabilidade de ter um filho hétero, ou gay. Uma vez que o conhecimento da matéria pelo ser humano ainda é incipiente, visto a ignorância que ainda predomina entre os humanos, SERÁ que no momento da concepção, por culpa ou problema dos próprios pais, não ocorre a definição da estrutura do nova pessoa que estará se formando. Ou seja, não por vontade de qualquer um do casal, mas, certamente ele poderá ser culpado pela definição no final, e absurdamente irá jogar toda a culpa do seu próprio problema nesse novo ser que irá se formar. Situação estranha, mas, neste mundo de DEUS tudo é possível.

  15. Parabéns a este cidadão, desculpe mas se vocês não entenderam o texto….nele o senhor fala para filha procurar seu coração, ainda que há tempo de ter seu filho de volta.
    E desculpa aquele que se diz cristão….o julgamento não é para nós, Deus é o único que pode julgar.
    E filho pode ter qualquer idade e se tiver errado tem que ter correção.E não é problema ter gay na familia.
    Problema é quando o filho e ou qqr outro se perde em vício e crimes.

  16. E como chama a mae ao cachorro do seu filho:
    E ridiculo aceitar aos gays na familia.
    Acredito que o velho e embutado pelo cachorro do seu neto

  17. Cada um pensa de uma maneira acho que não precisava tanta ofensa mas os humanos infelizmente são assim,Eu li todas as respostas mas fico na minha quietinha no meu canto,

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here