Não é novidade que o plástico é um dos resíduos mais tóxicos que existe no planeta. Devido à sua versatilidade, é difícil pensar em outro material que atenda às mesmas características que ele, um problema para os seres humanos e o planeta Terra. Sua durabilidade torna único … até agora.

Lucy Hughes, uma jovem de 23 anos da Universidade de Sussex, na Inglaterra, criou um material semelhante ao plástico usando resíduos orgânicos que ela adquiriu na indústria pesqueira e algas vermelhas.

O material – que foi chamado Marinatex – poderia ser o que finalmente substituirá para sempre o plástico que todos conhecemos. Esse bioplástico é mais resistente que um saco e não libera toxinas, além de ser completamente biodegradável.

LADbible

“Não faz sentido continuarmos a usar o plástico, um material de tal durabilidade, para produtos cuja vida útil dura menos de um dia. E eu não estou sozinho em pensar isso, os pioneiros do bioplástico são uma comunidade muito grande e trabalham pela nossa independência do plástico”, disse Lucy à LADBible.

“Com Marinatex estamos transformando o lixo no componente central de um novo produto. Ao fazer isso, criamos um produto consistente, transparente e semelhante ao plástico, com algo mais amigável ao meio ambiente.”

Lucy teve a ideia de criar Marinatex depois de visitar uma empresa de pesca, onde viu de perto a quantidade de material orgânico que a indústria joga fora.

LADbible

“O bioplástico de algas é muito comum, mas o problema principal é que as folhas que haviam sido construídas sem o lixo de pesca pareciam reverter para uma espécie de algas enrugadas sem forma. Eu precisava encontrar um material que tornasse a fórmula mais resistente. Eu queria que fosse algo descartável”, explicou ela. “No meu primeiro experimento, usei outros tipos de detritos, como esqueletos de crustáceos.”

Embora por enquanto o seu projeto não atinja uma larga escala, Lucy calculou que o material descartado por um único bacalhau do Atlântico poderia produzir aproximadamente 1.400 sacas de Marinatex.

Fonte indicada: UPSOCL, com tradução de A Soma de Todos os Afetos

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here