Enquanto no Brasil, muitas crianças ainda tem que percorrer longas distâncias à pé ou em transportes coletivos precários para conseguir chegar à escola, no Japão uma empresa de trens parou em uma estação remota nos últimos três anos para pegar apenas uma passageira, a estudante Kana.

A estação de Kami-Shirataki, em Hokkaido, no Japão, é visitada por um trem duas vezes por dia, uma de manhã e outra à tarde, para que a estudante possa ir para a aula e chegar em casa a tempo.

A adolescente Kana pega o serviço às 7h07 todos os dias e retorna pontualmente às 5h18, e ela é a única pessoa a usar a estação.

O serviço da Hokkaido Railway Co foi elogiado por seu compromisso com seus clientes após a descoberta.

A empresa tinha inicialmente planejado fechar a estação de trem, que estava quase sem uso em 2012, devido à sua localização remota.

Depois de investigar, descobriu-se que a linha era usada todos os dias pela jovem – então a empresa anunciou que ficaria aberta até que ela se formasse no ensino médio em março de 2016.

Em um vídeo que gravou para falar sobre o assunto, Kana disse: ‘Eu entrei e saí deste trem nos últimos três anos e a presença desta estação tornou-se algo com que eu sempre pude contar’.

‘Eu me sinto triste em pensar que vai desaparecer. Agora estou cheia de gratidão.’
Os trens param na estação com base no horário da escola e passam quando ela está de férias em suas aulas.

A estação é servida pela pista única e fica a 50 milhas do ponto de partida oficial da linha em Shin-Asahikawa.

Agora que Kana está formada, e missão de transportá-la todos os dias de casa para a escola já foi cumprida, estação será extinta.

Que belo exemplo de compromisso e solidariedade, não acha? Bem que poderia servir de exemplo!

***

Redação CONTI outra. Com informações de dailymail

Imagens CCTV- reprodução

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




REDAÇÃO CONTI outra
Parceria editorial com a redação do site CONTI outra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here