Deixa lá fora o medo. Impeça-o de entrar, ele não é boa companhia. Um pouco de medo, talvez, em pequenas doses, nos permita viver em segurança. Muita segurança, porém, paralisa.

Deixa lá fora a sensação de não ser bom o suficiente, de estar sempre correndo atrás de uma margem inalcançável. Deixa lá fora.

Deixa lá fora as inseguranças e dúvidas, o eterno questionar-se sobre certezas, caminhos. Deixa lá fora aquilo que só te derruba.

Deixa lá fora o desamor, a falta de generosidade, a ausência de gentileza, compaixão e empatia consigo mesmo.

Deixa lá fora aquilo que não te satisfaz, ou aquilo que te satisfez, mas não mais.

Deixa lá fora o que passou e traz para dentro de si, para dentro do peito só o que te faz bem, o que te engrandece.

Deixa lá, fora de você, tudo o que te derruba. Permita entrar apenas o que te faz melhor. Permita entrar apenas o que te faz crescer. O que você permite existir, existe. O que você permite que seja plantado, floresce.

Assim, não se acanhe. Deixa entrar só o que é luz. O que não pertence mais a você, deixa lá fora.

Photo by bruce mars from Pexels

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Carolina Cavalcanti Pedrosa
"Curitibana, com o coração no mundo. Adoro escrever, ler, um bom filme e passar o tempo com minha família e amigos. Gosto de colecionar momentos. Vejo a vida com olhos de poesia, e transformo tudo em palavras. Encontro nelas meu refúgio e minha forma de espalhar amor e luz no mundo. Que elas possam deixar seu dia mais feliz e seu coração mais leve. Vem comigo?"

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here