A amizade entre as meninas Avalynn, Chloe, Laure e McKinley nasceu em circunstâncias difíceis. Elas se conheceram enquanto eram submetidas a um tratamento contra o câncer no Hospital Johns Hopkins All Children, em St. Petersburg, na Flórida, EUA. Hoje todas celebram a vitória contra a doença e provam que coisas boas podem surgir mesmo nos momentos mais difíceis.

Depois de três anos de tratamento, em que elas lutaram juntas pela vida, as quatro melhores amigas celebraram a remissão da doença com um ensaio fotográfico que revela a sintonia especial entre elas.

Nas fotos, que extrapolam todos os limites de fofura, cada uma das meninas vestia uma camiseta que fazia referência a uma virtude na luta para derrotar a doença maligna: Surviver (sobrevivente), Brave (valente), Fearless (destemida) e Strong (forte). A melhor representação do termo “girl power”, não é?

Chloe foi diagnosticada com câncer de pulmão, algo incrivelmente raro em crianças. As demais foram diagnosticadas com leucemia linfoblástica aguda, o câncer infantil mais comum, e ao mesmo mais difícil de tratar, uma vez que ele atinge o sistema imunológico.

A história dessa amizade teve início quando, em 2016, os médicos do Hospital Infantil Johns Hopkins presentearam as meninas com os tutus cor-de-rosa para, de alguma forma, melhorar seu estado de humor e promover alívio no estresse e na ansiedade. Quando elas chegaram na salinha para receber os presentes, alguém aproveitou ao vê-las sentadas juntas e tirou uma foto. Três anos depois, elas voltaram para comemorar a remissão da doença e refizeram a foto.

Amizade é tudo! Se for para enfrentar os obstáculos da vida, que seja ao lado das minhas amigas, e de preferência usando tutus cor-de-rosa.

Redação CONTI outra. Com informações de Razões para Acreditar
Imagens: Reprodução / Hospital John Hopkins

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




REDAÇÃO CONTI outra
Parceria editorial com a redação do site CONTI outra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here