A inocência de um cachorro é algo comovente. Nossos fiéis amiguinhos de quatro patas são capazes de atitudes inimagináveis para defender um ser humano que precisa de ajuda, e até mesmo pra defender alguém que não corre perigo real. Esse é o caso do cachorrinho que ganhou notoriedade ao tentar defender Jesus Cristo contra os soldados romanos.

Não, Jesus ainda não retornou à Terra. O caso ocorreu em uma procissão no México, na última Sexta-Feira Santa. Na ocasião, a procissão estava sendo registrada em vídeo. E quem viu as imagens, pode notar que alguém roubou toda a cena para si. Um valente cãozinho aparece nas imagens tentando defender o ator que interpretava Jesus Cristo, já crucificado e subjugado pelos soldados.

O cachorro é visto saltando de um lado para o outro e latindo para os atores que interpretavam os soldados romanos, que na cena chicoteavam Jesus. Não é a coisa mais linda?

Depois de ver o vídeo, resta uma indagação: Será que, se esse corajoso cãozinho estivesse de fato no momento da via sacra, a história teria terminado da maneira que todos nós sabemos que termina? Se dependesse apenas dos esforços deste cachorro, é bem provável que não.

Veja o vídeo

***
Com informações de Metrópoles

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




REDAÇÃO CONTI outra
Parceria editorial com a redação do site CONTI outra.

1 COMENTÁRIO

  1. Cães são mesmo altruístas e arriscam a própria vida por pessoas ou animais que eles consideram em situação mais fraca, contrariando o próprio instinto de sobrevivência que os faria defender-se ao invés de arriscar-se. Gatos nem tanto porque, apesar de possuírem sete vidas não costumam doar nenhuma delas por ninguém, ao invés de seus tutores que são capazes até de salvar as sete vidas deles,embora tendo uma só.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here