Na vida encontraremos pessoas diferentes, muitas delas ocuparão lugares importantes em nossas vidas, enquanto outras somente passarão e nos afetarão de maneira especial a maneira pela qual aqueles que lhes demos algum papel passam a amar.

O conhecimento do amor não é uma questão que todos dominam, mas sim que se aperfeiçoa com a passagem do tempo, com a experiência, através das pessoas que tocam nossas almas. Mas, durante essa jornada, podemos encontrar aqueles que estão aprendendo plenamente, fazendo o melhor que podem com seus recursos, mas também são insuficientes para não causar danos àqueles que reservaram um espaço em suas vidas.

O amor nunca poderia ser medido em quantidade, não há medidas para fazê-lo, não há unidades e a relatividade reinaria na tentativa, no entanto, poderíamos falar de parâmetros comuns no amor que o tornam bem dado e bem recebido.

Os amores que geram lacunas onde não havia nenhuma acabam doendo. As relações em que uma das partes se sente mal acabam distanciando-se nos casos em que o autorrespeito prevalece, mas em que há algumas quebras a esse respeito ou muita tolerância em relação aos limites do que se espera receber, e isso pode prolongar no tempo uma relação que só traz sofrimento, desmotivação e ressentimento.

Cada um de nós sabe ou pelo menos aprende ao longo do caminho dizer o que quer para sua vida, se é uma situação que não satisfaz, o mais saudável é deixar essa situação e esperar ou procurar o que melhor se encaixa. Não tenha medo de perder o que não te pertence, a menos que você não consiga algo que se adapte ao que quer no amor … O medo deve nos condenar a um relacionamento intermitente, no qual nunca podemos apostar nada … Só somos responsáveis do que permitimos em nossas vidas. Não vamos nos contentar com o que não nos faz bem.

Por: Sara Espejo – Rincón del TIbet

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here