Sabemos que, desde pequenos, somos ensinados a ser muito arrumados e manter todo o nosso quarto impecável. No entanto, quando começamos a crescer, definimos o tipo de mulher que nos tornaremos e se seremos um desastre ou não.

Quando somos desorganizadas, as pessoas consideram que é quase um defeito, mas a verdade é que a ciência veio nos defender de todos aqueles que nos fizeram sentir mal em algum momento, sustentando que é melhor deixar a sala como um chiqueiro.

Clueless Movie GIF - Find & Share on GIPHY

Um estudo realizado pela Universidade de Minnesota, disse que as mulheres que têm o hábito de ser um desastre completo em termos de ordem, seriam mais saudáveis ​​do que aquelas que mantêm tudo absolutamente no lugar.

A conclusão do estudo revelou que as mulheres desorganizadas têm melhor saúde física e mental. Um exemplo disso é que eles têm um risco menor de sofrer um ataque cardíaco porque não sentem estresse pela ordem e deixam tudo seguir seu curso.

Por outro lado, também mencionaram que existe a possibilidade de haver menos rugas, pois o processo de envelhecimento desacelera, pois não é considerado como alguém que não se preocupa com sua higiene.

Ao mesmo tempo, a coisa mais importante é que as pessoas que têm tudo bagunçado são mais criativas e podem ser inspiradas mais rapidamente do que aquelas que não o fazem.

Finalmente, é menos provável que adoeçam do estômago porque o nível de raiva, raiva ou estresse é menor, permitindo que o corpo funcione adequadamente.

Então você decide, ouve a ciência ou continua como Marie Kondo e seu método de jogar tudo fora para manter uma ordem quase perfeita. Pelo menos eu acho que não exigir muito pode nos manter mais saudáveis.

Traduzido do site UPSOCL

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Certíssimo. Desorganizados são super saudáveis, sim. Estressados são os que têm que arrumar a bagunça dos “sem noção”, envelhecendo precocemente e morrendo de desgosto por causa de irresponsáveis que ainda não deixaram as fraldas apesar de saberem usar o celular. Mais um desserviço prestado pela Ciência que, quando começa a estudar muito, é nisso que dá; melhor faria, no mínimo, estudando a cura do câncer, limpando e arrumando nas prateleiras tudo direitinho, depois.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here