Uma matemática especializada nos mostrou a luz no fim do túnel com sua fórmula.

O ser humano vive fazendo estatísticas: a idade em que você compra um veículo, a idade em que você decide ir para a faculdade, eles sempre cuidam das vidas dos outros (para o bem e para o mal), e é por isso (mesmo se você disser que não se importa) que eles tendem a apressar você para tentar alcançar tudo primeiro. Afinal, a competitividade também parece fazer parte da nossa natureza, né.

Não é problema de ninguém se você decide se casar aos 50 anos, se você tem três divórcios, seja qual for.

Há mulheres que chegam aos 30 anos, por exemplo, e já acham que a chance de conseguir um amor verdadeiro acabou. E se você está imerso nessa negatividade, eu diria que você ainda tem tempo porque um estudo revelou que o amor verdadeiro tem maior probabilidade de acontecer entre os 27 e os 35 anos de idade.

Não escolha alguém por escolher, a pessoa que você sonha tanto pode aparecer quando você estiver em um estágio de maior maturidade. A matemática Hannah Fry explicou que as emoções humanas não são ordeiras e nem tão previsíveis ,mas respeitamos tantos padrões sem perceber.

Imagine que você comece a namorar pessoas com 15 anos e que queira se casar aos 35 anos. Há muitos parceiros em potencial na época. A regra, obviamente, é que uma vez que você se casa, não pode ficar olhando para ver “o que você perdeu”. A matemática diz que o que você deve fazer com os primeiros 37% de seus compromissos é rejeitá-los como perspectivas sérias para o casamento. E então você deve escolher a próxima pessoa que chegar, pois ela será melhor do que as anteriores que você rejeitou.

Parece a fórmula perfeita! Isto é, você conhece seus parceiros, mas tenta não gostar muito deles, estuda seus defeitos do que gosta e do que não gosta. Depois de procurar um partido melhor que atenda ao que você quer, você terá sangue frio o suficiente para deixar os primeiros passarem e encontrar a pessoa certa, os números não mentem.

Não custa ouvir a explicação:

Traduzido e adaptado pela CONTI outra, do original de UPSOCL

Foto de Elina Sazonova da Pexels

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here