Agora Joshua Beckford escreve um livro sobre o Egito e foi nomeado Embaixador de Apoio à Educação para famílias de baixa renda.

Aos seis anos, a maioria das crianças entra na primeira série. Eles aprendem a se relacionar com seus colegas, ler números. Mas o pequeno Joshua Beckford, apostou em conhecimentos mais complexos e nessa idade tornou-se a pessoa mais jovem a frequentar a prestigiosa Universidade de Oxford.

A criança com transtorno autista recebeu um certificado de excelência após obter distinções em todos os seus cursos que faziam parte de uma plataforma de aprendizado online para crianças superdotadas.

Aos 13 anos, o jovem acadêmico que sonha em se tornar um neurocirurgião foi recentemente incluído entre as 30 pessoas mais notáveis ​​do mundo com autismo que ajudaram a sociedade.

Josué deve parte de sua conquista ao pai. Com apenas 10 meses de idade, Knox Daniel descobriu a capacidade única de aprendizado de seu filho enquanto estava sentado em seu colo na frente do computador. Ele começou a dizer à criança quais eram as letras no teclado e percebeu que estava se lembrando e podia entender.

“Então, se eu dissesse para ele apontar uma carta, ele poderia fazê-lo. Depois fomos para as cores”, acrescentou Daniel, de acordo com o portal Face to Face Africa.
Aos três anos, Joshua podia ler fluentemente usando fonemas. Ele aprendeu a falar japonês e até aprendeu a tocar o teclado em um computador antes de aprender a escrever.

“A partir dos quatro anos de idade, eu estava no laptop do meu pai e fiz um simulador de corpo onde tirei os órgãos”, disse Beckford.
Em 2011, seu pai conheceu um programa na Universidade de Oxford para crianças entre oito e treze anos. Para desafiar seu filho, ele escreveu para Oxford na esperança de obter a admissão de seu filho, mesmo que ele estivesse abaixo da idade prescrita no programa.

Felizmente, Beckford teve a oportunidade de se inscrever, tornando-se o aluno mais jovem aceito na faculdade. A criança brilhante fez um curso de filosofia e história e aprovou ambos com distinção.

Devido ao seu interesse no Egito, o jovem gênio está trabalhando em um livro infantil sobre a nação histórica e antiga. Ele também foi nomeado Embaixador de Apoio à Educação de Famílias de Baixa Renda (LIFE) para a Rede de Mentoring Advocacy na Nigéria, Uganda, Gana, África do Sul, Quênia e Reino Unido.

Seus pais estão orgulhosos das realizações de Joshua e acreditam que ele tem um futuro brilhante pela frente.

Tradução feita pela CONTI outra, do original de UPSOCL

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here