Talvez hoje você esteja pensando em desistir, em jogar a toalha e de uma vez por todas acabar com tantos momentos decepcionantes, com tantos pensamentos negativos. Mas e se você pudesse ter uma visão de como pode ser a sua vida mais lá na frente, você ainda desistiria de continuar? E se eu te dissesse que a gente carrega mais de uma vida, que a gente pode morrer e viver na mesma, que existe sim, uma chance, um amor e muitas felicidades reservadas para mais tarde?

A vida é uma correspondência das nossas emoções e escolhas mais íntimas e, mesmo quando não depende de nós no que diz respeito ao que vem a seguir, é a nossa conversa interior, o modo como processamos as coisas, que determina o viver da gente. Talvez hoje esteja tudo triste e sem graça na sua rotina. Talvez você esteja passando por problemas que quase ninguém consegue entender e ajudar. Talvez todo o caminho que te trouxe até aqui seja uma piada de péssimo gosto e você só esteja fazendo papel de trouxa, perdendo tempo e dedicando tanta energia. Talvez.

Mas talvez não signifique nada disso. Quem sabe, a sua liberdade e o seu contato com a vida tenha se transformado nos piores ruídos em vez de esperanças. Amanhã será melhor, tenha fé. E se for difícil ter por você, tenha por quem ainda não tocou a sua vida e que gostaria muito de conhecer e somar na sua história. Porque sempre existirá alguém lá fora que estará disponível para ouvir o nosso choro, alguém que estenderá a mão e abrir espaço no coração para agregar afetos e gentilezas na vida da gente.

Procure ser mais paciente consigo. Não se cobre muito e muito menos se culpe por qualquer emoção desfavorável que esteja emanando agora. A vida importa e ela é inteira em você, mesmo com várias metades e interrupções por aí. Ainda é amor reaprender a caminhar. Ainda é amor querer uma nova vida a partir do ontem que já teve o seu limite de desgaste. Eu te pergunto: quantas vidas você têm? Descubra vivendo um amanhã de cada vez. Vale a pena. Vale muito.

Foto de Garin Chadwick em Unsplash

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Guilherme Moreira Jr
"Cidadão do mundo com raízes no Rio de Janeiro"

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here