A ignorância sobre as doenças sexuais é geralmente uma das principais razões pelas quais elas se espalham com muita facilidade. Em todos os países, o trabalho continua a educar sexualmente para ser mais responsável quando se trata de estar com alguém.

No entanto, impedir a propagação de doenças não será fácil nem mesmo um dia, mesmo os dados de grandes entidades como a Organização Mundial da Saúde (OMS) especificam que 80% das pessoas sexualmente ativas contraem o Papilomavírus Humano (HPV). ) e normalmente estes mesmos 80% não sabem que o possuem.

Mas calma, veio a grande descoberta do Dra. Eva Ramón Gallegos. A pessoa encarregada de dirigir a equipe científica do Instituto Politécnico Nacional (IPN) do México conseguiu erradicar o HPV 100% em 29 mulheres da capital mexicana.

Ramón Gallegos e sua equipe não estão apenas fazendo uma contribuição fundamental para a ciência, mas também estão dando um passo imenso para impedir a segunda causa de morte das mulheres mexicanas.

A médica estava trabalhando 20 anos para parar a doença sexualmente transmissível, entrando no mundo científico que poucos vão entender como ela fez isso.

Seu método é a fototerapia dinâmica, uma técnica não invasiva que pode erradicar lesões pré-malignas do câncer do colo do útero em seu estágio inicial. O tratamento foi dado até três vezes em intervalos de 48 horas.

A médica também apontou pontos importantes como o de que o tratamento é livre de efeitos colaterais, ao contrário de outros métodos, e se concentra apenas nas partes danificadas e não nas saudáveis.

Embora haja falta de apoio econômico para sua comercialização, estamos falando de um grande passo para a ciência que salvará muitas vidas.

Traduzido do artigo publicado no site UPSOCL

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here