Onde está a felicidade? É algo ou alguém? Talvez esteja em algum lugar. A verdade é que quando nos apaixonamos sentimos que somos apenas felizes ao lado dessa pessoa, aquela pessoa que nos faz sentir especiais, únicos e acreditam profundamente que somente com ela e com qualquer outra pessoa seremos felizes, nosso mundo começa, continua e acaba com isso amor tão forte que no presente nós sentimos, mas e amanhã? O que faríamos se sentíssemos falta de alguém tão especial? A felicidade acabou? Ou se não, onde está indo?

Nós tendemos a pensar que a felicidade é alcançada com alguém, o que muitas vezes nos leva a criar uma dependência emocional que no final só vai nos prejudicar e às pessoas que amamos, que nos cercam e vivem dia a dia do nosso lado. Sim, existe amor verdadeiro e sim, você pode ser muito feliz ao lado de alguém, mas temos que internalizar que a felicidade vai além da pessoa com quem estamos, tem algo a ver conosco.

“Existem duas maneiras de espalhar a felicidade. Sendo a luz que brilha ou o espelho que a reflete”
– Edith Wharton

A estrada da vida é cheia de muitos obstáculos, alguns mais difíceis do que outros, como já têm sido capazes de perceber sobre nossas vidas, o importante é aproveitar estes momentos especiais que enfrentamos na estrada, esta viagem que apesar de ser um pouco dura, como nos é dito desde que éramos crianças “vai valer a pena”, desta forma você vai se deparar com uma palavra “solidão”, não entre em pânico aprender a amar, muitos mitos têm girava em torno dela e pode até mesmo, ficam com medo, mas a solidão não significa que ele será um estado permanente, pelo contrário, implica uma ligação especial com a sua parte mental e espiritual, um belo laço que vão criar e em que você vai conhecê-lo melhor, o que irá ajudá-lo a percorrer o caminho da sabedoria e amor para você e para os outros, a fim de aproveitar esses pequenos espaços que você tem que se conectar com você mesmo é um sentimento como nenhum outro, onde você pode receber com grande alegria as chaves que a vida te dá para ser feliz.

Faça o que você realmente ama não se persiga em negócios que não o preencham, pode soar um pouco clichê, mas essa vida é curta, e essa é uma realidade que ninguém pode mudar, em um momento estamos neste lindo planeta com tudo isso há nele para desfrutar e desfrutar, com as pessoas que amamos, quem amamos, quem amamos … e amanhã não sabemos. Não se esqueça dos pequenos detalhes que te fazem feliz, não importa o que as pessoas pensem ou digam, seja você mesmo, não há tempo para ser outra pessoa além de você e lá, há o melhor caminho para se alcançar a felicidade.

“Não há felicidade que vem de fora, você tem que encontrar em si mesmo” Beethoven

Tradução A Soma de Todos os Afetos, via Rincón del Tibet

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here