Pessoas que amam cozinhar sempre encontrarão uma desculpa para preparar uma deliciosa sobremesa. Preparar pratos para outras pessoas é uma experiência gratificante e, segundo um estudo, também gera benefícios para a saúde mental.

Preparar bolos traz bem-estar emocional

Para Donna Pincus, professora de Psicologia e Ciências do Cérebro da Universidade de Boston, a culinária é uma forma de expressão criativa e ótima ferramenta para enfrentar, por exemplo, o estresse.

Cozinhar para os outros também pode ser uma maneira de transmitir sentimentos. Muitas vezes através da comida estamos comunicando algo que não dizemos verbalmente: oferecer um alimento feito por nós mesmos demonstra dedicação e carinho.

De acordo com Julie Ohana, assistente social e terapeuta culinária, a comida é uma expressão de amor em várias culturas e também é “um complemento positivo e maravilhoso para a comunicação”.

Fazer bolo ajuda na concentração

Preparar bolos ajuda a reduzir o estresse, aumenta a sensação de bem-estar e a concentração. De acordo com Pincus, em entrevista ao Huffington Post, fazer massa requer toda a nossa atenção, quando há concentração no aroma e sabor, há dedicação e satisfação.

Por esta razão, a terapia culinária artística é cada vez mais conhecida. A concentração na criação evita que pensamentos negativos apareçam. É uma maneira de ter sua mente ocupada com algo positivo.

Preparar uma sobremesa para alguém que você ama não é apenas um grande ato de generosidade, mas também causa bem-estar mental. As emoções que colocamos no ato de cozinhar para os outros são fundamentais e, se forem emoções positivas, nos beneficiaremos delas em todas as áreas da vida.

Traduzido para a A Soma de Todos os Afetos, do original escrito por Noelia Farias, do VIX Espanhol

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here