Se você é uma pessoa que tem um ou mais irmãos, certamente você se identificará muito com este artigo. Desde a infância percebemos que nossa mãe ou pai sempre mimam mais um filho do que outro, embora sempre enfatizem que não é assim.

Um estudo indica que apesar de amar seus filhos incondicionalmente, eles sentem mais empatia por um deles. Leia com muito cuidado quais são as razões que tornam isso evidente.

Pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, chegaram a essa conclusão após estudar 384 famílias.

Descobriu-se que 70% das mães e 74% dos pais admitiram que preferiam um de seus filhos. E, embora não tenham especificado qual é o seu favorito, os pesquisadores acreditam que ele é sempre o filho mais velho.

Na maioria das 384 famílias estudadas, o primeiro filho sentiu que suas conquistas foram mais valorizados pelos seus pais do que seus irmãos mais novos, e os pesquisadores afirmam que pelo fato das mães e pais estarem vivendo as experiências de maternidade e paternidade pela primeira vez, isso acaba os tornando mais memoráveis.

Meninas ou meninos: Quem são os favoritos?

Outro estudo da Universidade Purdue, nos EUA, disse que as meninas são sempre os favoritas, mas também disse que quando elas chegam à adolescência – enquanto na infância são muito mais obediente e ligado a seus pais – tornam-se mais rebeldes e perdem seu favoritismo.

Como você pode notar, aqueles que eram os filhos mais velhos são os favoritos dos pais, mas é claro que essa regra pode ser quebrada e pode ser qualquer outro membro da família. Você é o filho / filha favorito de seus pais?

Tradução feita pela CONTI outra, do original de Gutenberg

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here