Ela entrou no meu consultório com aquela carinha triste que me bate uma tristeza também, mas a minha função consiste em ajudá-la. Ela sentou-se e já pegou o lenço. Eu optei por não dizer nada, eu sabia que ela iria desabafar, ela sempre desabafa sem problemas. Ela começou a se queixar do namorado novamente, seus olhos se enchiam de lágrimas.

“Ele não me surpreende, doutora”, iniciou. “Poxa, eu sempre digo sobre as coisas que eu gosto. Eu queria que ele tivesse mais atitude, sabe? Eu queria que ele chegasse com um presente surpresa, sei lá, mas ele é desligado demais pra isso”, complementou.

“Você já conversou com ele sobre isso, Ju?”, questionei. “Sim, mas não adianta”, ela respondeu com um tom de voz bem desanimado.

“Você já pensou sobre detalhes? O que são detalhes?”, ela não esperava por essa pergunta. “Me explica, não entendi a pergunta”, e respondeu sem entender bem a minha pergunta. “Ju, existem detalhes que fazem toda a diferença e você não está atenta aos verdadeiros detalhes. Sua insatisfação ao jeito dele é compreensível, pois você entende o amor de uma forma diferente que ele. Entretanto, ele tem demonstrado esses detalhes de outras formas, que para eles são grandes, enquanto que pra você, não estão fazendo o menor sentido. Serei mais clara: pelo que você me diz, ele sempre se preocupa com você. Ao acordar, sempre te manda uma mensagem perguntando sobre sua noite anterior. Ele sempre avisa praticamente tudo que vai fazer, isso te passa segurança. Ele sempre quer saber sua opinião antes de qualquer decisão que ele vai tomar, isso demonstra confiança. Ele sempre te disse sim, não me lembro de você ter me dito que ele já recusou algo que você pediu. Ele sempre e sempre diz que te ama, te dá carinho, atenção. Uma das poucas coisas que ele não faz, é te surpreender como você gostaria. Já parou pra pensar que ele poderia te surpreender, porém, deixar de fazer o que ele faz? Será que você ficaria satisfeita? Eu te pergunto: o que é mais importante pra você? Respeito, carinho, atenção e cuidado ou ele te surpreender com presentes?”.

Eu tinha que perguntar essas coisas. Há algumas sessões eu percebera que ela não conseguia enxergar algumas coisas. “Bom, eu nunca tinha pensado por esse lado, tenho um ótimo namorado e estava preocupada com coisas tão pequenas”, a resposta dela era esperada.

Ela sorriu e começou a me contar dos novos planos dela. Fiquei feliz de vê-la entender o que realmente são os detalhes e como eles fazem toda a diferença.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Déborah Izy
Taurina, cerveja, ler, escrever, barzinhos, cinema, séries, filmes, super heróis, e amante da vida, acredito fielmente no amor. Gerencio a página em meu nome no Facebook: Déborah Izy. Espero que gostem e se identifiquem.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here