É difícil sair da zona que nos mantém tão confortáveis e longe do risco da mudança. Mas não há absolutamente nada de errado refazer a rota que só nós leva para o lado errado. Na verdade, muitas vezes durante essa caminhada louca que é a vida, faz-se extremamente necessário mudar. Refazer caminhos e escolhas. Refazer o próprio interior. Olhar para dentro e ver que não dá para continuar como está.

O processo não é fácil e não acontece do dia para a noite. É um trabalho imensamente trabalhoso e demorado. E, talvez até doloroso. Mas é no processo que nos incomoda que a mudança acontece. Por isso, por mais que o medo se faça presente, mude a rota. Mude aos poucos, mas vá. Não ouça os que insistem em dizer que você precisa aceitar, porque a gente não tem que aceitar nada que nos faça mal.

Dê a cara para bater e a alma para sentir todo esse processo que vai fazer você abrir seus horizontes e enxergar muito além.Procure toda a ajuda que puder e julgar necessária, mas vá. Escolha outros caminhos, quebre o GPS e faça você mesmo seu percurso.

Não há e nunca haverá nada de errado em ir contra todos e buscar o melhor para nós, desde que isso não machuque ninguém propositadamente, você não precisa carregar culpa alguma.

Coloque-se em primeiro lugar e saiba que a zona de conforto nem sempre é tão confortável quanto aparenta ser.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Ana Luiza Santana
"Estudante de psicologia, nascida no Pernambuco, mas escolhida pela Bahia(amo). Intensa por naturalidade e louca por amor. Completamente apaixonada por abraços apertados, sorrisos e pessoas de aura leve e energia positiva."

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here