Gente, existe experiência mais gostosa e gratificante do que o amor recíproco? Acho pouco provável que exista. Escrever sobre esse tema deixa o meu coração eufórico, confesso.

Ah, como é gostoso esse sentimento de pertencimento! É uma delícia se doar sem reservas e receber tudo na mesma proporção. É indescritível o sentimento de morar no outro sem se sentir um inquilino incômodo. Numa relação recíproca, não se faz necessário falar muito pois o silêncio se transforma naquele tradutor eficiente do que se passa dentro da gente.

A intimidade é sempre permeada de leveza e intensidade, a gente pode tudo, inclusive não fazer nada e até o tédio é bonito e cúmplice. Acariciar o rosto com ternura ou beijar a boca com uma excitação desesperada… tudo é marcante. A gente se reconhece no outro e o outro nos lê por inteiro. É sobre falar a mesma língua, no beijo e no acolhimento.

Reciprocidade é se aninhar no corpo do outro e sentir um cheiro de roupa limpa e seca ao sol.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Ivonete Rosa
Sou uma mulher apaixonada por tudo o que seja relacionado ao universo da literatura, poesia e psicologia. Escrevo por qualquer motivo: amor, tristeza, entusiasmo, tédio etc. A escrita é minha porta voz mais fiel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here