Sempre fui daquelas pessoas – chatas, cheias de opiniões. Quem me conhece sabe que gosto de falar. Adoro uma boa conversa, repleta de trocas, energias e aprendizados. E por isso escrevo. Minha forma pessoal de conversa com o papel, comigo mesma, e com quem mais queira participar dela: você leitor.

Felizmente, tenho bons familiares e amigos que gostam de conversar, trocar, ensinar e aprender. Afinal, sempre nos expandimos após uma boa conversa. Saímos maiores do que entramos.

Porém, existem alguns poucos que com algumas palavras nos fazem repensar a vida. Escritores, palestrantes, amigos e amores. Tenho sorte em ter alguns na minha vida – vocês sabem quem são.

São conversas sobre tudo, e sobre nada (essas são as melhores). Aquelas que nos fazem rir e chorar ao mesmo tempo, que nos fazem divagar sobre o nada e também discutir o que de mais íntimo há no coração.

Se tiver alguém ou alguns assim na sua vida, agarre-os! Não deixe e a conversa “morrer” no online. Transporte-a para o offline, leve-a para o mundo real.

Na verdade, leve-se também para o mundo real. Viva e respire ar puro, olho no olho, abraços verdadeiros. Recobre a essência do viver, e a vida lhe será mais rica.

Um café, um amigo e uma boa conversa: para mim, a receita de um dia feliz.

Qual a sua?

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Carolina Cavalcanti Pedrosa
"Curitibana, com o coração no mundo. Adoro escrever, ler, um bom filme e passar o tempo com minha família e amigos. Gosto de colecionar momentos. Vejo a vida com olhos de poesia, e transformo tudo em palavras. Encontro nelas meu refúgio e minha forma de espalhar amor e luz no mundo. Que elas possam deixar seu dia mais feliz e seu coração mais leve. Vem comigo?"

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here