Amor. Tá aí. Muitos falam poucos sabem de fato amar e a maioria esmagadora não está preparado para tal. Amar exige certeza, por isso tanta maturidade. Porque escolher todo dia a mesma pessoa, mesmo com tantas mil escolhas por aí, é de fato uma decisão que exige muita certeza. O amor, ao contrário da paixão, não se desfaz com facilidade. Acho engraçado essa coisa de “estamos namorando a tanto tempo e sei lá perdeu aquela coisaaaaaaaa toda”. É óbvio que depois de um tempo a gente cansa de sempre ir ao cinema, ir nos mesmos restaurantes, já não sabe mais o que dar de presente hahaha e nos dá a sensação de que tudo está na mesmice. Mas eu ainda acredito que o amor, o amor de verdade, nasce todos os dias dentro da gente. Nasce todos os dias mesmo quando o outro não está lá no seu melhor dia.

Amar não é fácil e por isso exige também atitude. Naquele bilhete que você deixa dizendo eu te amo. Naquele bombom que você compra quando vai ao mercado. Naquela mensagem despretensiosa no meio dia. No cuidado e no carinho sempre presentes. No beijo, no abraço, no elogio. Amor tem que ser leve. Escolher amar alguém todos os dias é de fato difícil, às vezes. Eu sei que a gente tem lá os nossos dias ruins e sabemos também que amar é sinônimo de doação. Por isso eu digo que o amor exige maturidade. Porque egoísmos e achismos não combinam. Essa história de que a gente precisa sempre pegar fogo não é real. Tem dias que o amor é furacão outros a gente só quer a companhia, uma conversa boa e um abraço. Aprender a lidar com isso exige maturidade pra entender que a gente não ama todo dia da mesma forma e que tudo bem hoje você preferir um cafuné a beijos. Amar exige companheirismo.

A gente precisa ter a certeza que o outro sempre estará lá por nós. Amor não tem a ver com cobrança. Mas com confiança. No outro e na sua capacidade. O amor de verdade encoraja e acredita ao invés de desmotivar. Por isso eu digo que nem todo mundo tem maturidade pra isso. Afinal, como diz a música “O amor não é uma luta. Mas vale a pena lutar por ele”. E infelizmente, nem todo mundo está disposto a lutar. Nem todo mundo sabe e consegue escolher a mesma pessoa todos os dias. Porque o amor é isso: Escolha.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Thamilly Rozendo
Estudante de psicologia, apaixonada por artes, música e poesia. Não dispensa um sorvete e adora um pastel de feira com muito requeijão, mesmo sendo intolerante a lactose. Tem pavor de borboletas, principalmente as no estômago.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here