Nem os parecidos, nem os opostos. Quero dizer, é relevante sim, mas não é definitivo.

Com certeza estar com alguém que tem os mesmos gostos torna tudo mais fácil: gostarem da mesma banda, dos mesmos lugares, das mesmas comidas, do mesmo time, dos mesmos programas de TV e detestarem as mesmas coisas. É o sonho de muitas pessoas, o nosso lado narcisista amaria encontrar uma pessoa que fosse muito parecida com nós.

Por outro lado, dizem também que os opostos se atraem, que uma completa o que à outra lhe falta, que uma neutraliza a outra, além de lhe mostrar um mundo novo para que a outra pessoa possa se apaixonar. Na prática eu discordo um pouco disso.

A verdade é que ser diferente pode sim ser um complicador quando as duas pessoas não sabem lidar com as diferenças, podem brigar por qualquer motivo, podem desmotivar-se, podem cansar de nunca conseguir encaixar os gostos, mas ter gostos diferentes e ser diferentes não é um fator determinante para uma relação dar certo ou não. Não desista de alguém apenas porque não tem as mesmas preferências que você. Dar certo depende da forma como as duas pessoas lidam com a relação, independente dos gostos.

O mais importante é estar com alguém que tenha a mesma vontade que você, se você quiser vê-la, que ela também queira. Se você quiser viajar no final de ano, que ela também queira (mesmo um querendo ir pra fazendo e o outro pra praia), mas principalmente que se você quiser fazer dar certo, que ela também queira.

Que ela tenha vontade de dar certo no amor, esse é o primeiro passo para dar certo. Sem vontade de amar é impossível alguma relação ser construída beneficamente. É necessário que a vontade de ser feliz na relação e de fazer o outro feliz prevaleça. Só assim o amor vence.

É apenas esta motivação que pode suportar qualquer obstáculo, é desta forma que uma relação se sustenta e perpassa por qualquer circunstância que apareça. Não existe mágica numa relação, mas existe a vontade. Quando você encontra alguém com vontade de você, com vontade de fazer dar certo, não há nada que seja impossível.

Fique com alguém que seja desesperado por fazer dar certo, mesmo que esta pessoa seja calmaria. Fique com alguém que seja louco por te fazer feliz, mesmo que ela seja a mais racional possível. Fique com alguém que nunca te abandona, mesmo que ela viaje para longe três vezes ao mês.

Não precisam ter os mesmos gostos, precisam apenas querer com intensidade.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




"Acredito que todo dia é uma nova oportunidade para aprender algo novo sobre o que sentimos e sobre quem somos. Compartilho todos os meus pensamentos sobre relacionamentos em textos. Gosto de café, mas tenho gastrite. Gosto de gatos, mas tenho alergia. Não gosto de dormir, mas tenho o sono profundo...e o coração leve."

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here