“Existem duas maneiras de viver: você pode viver como se nada fosse um milagre; ou você pode viver como se tudo fosse um milagre. – Albert Einstein

Como monge taoísta, muito do que aprendi com meus professores foi transmitido da herança xamânica por toda a Ásia.

Comunhão com a natureza, “brincadeira animal”, fitoterapia, práticas energéticas e purificação através do fogo – tudo isso está enraizado no xamanismo.

Os budistas, taoístas, hindus e todas as outras grandes tradições do Oriente vêm dessas origens.

O xamanismo vive no mundo dos milagres. A vida em si é um milagre.

Tudo o que precisamos fazer é perceber a linguagem da vida enquanto os fótons passam através de nossos corpos, desencadeando a abertura e o fechamento de nossos filamentos de DNA.

Esta “Serpente Cósmica”, como escreve Jeremy Narby, é a portadora universal de toda a inteligência da qual fazemos parte. Aproveitando isso, toda cura é possível.

Então, como nos conectamos com isso enquanto vivemos em cidades e lidamos com carros, empregos e milhares de pessoas ao nosso redor?

Aqui estão 9 ensinamentos que irão ajudá-lo.

1. Toque a terra com os pés descalços.

Nossa conexão com a mãe da terra é cortada por sapatos com sola de borracha, por isso, ficar alguns minutos descalço, de preferência na grama/terra pode realmente ajudar a redefinir nossos campos de energia.

Eu gosto de fazer pausas a cada 25 minutos para ficar debaixo de uma árvore fora do meu consultório e respirar com suas raízes por alguns minutos.

Faça isso ocasionalmente ao longo do dia e você se sentirá restaurado, conectado e revigorado.

2. Aprenda a controlar o tempo.

Este é o domínio do xamã e, em nossas vidas diárias, somos facilmente distraídos pelo tempo linear do tique-taque que nos leva a nos atrasar para as reuniões e para a prática do futebol das crianças.

Nossos ancestrais entenderam que o tempo é relativo e nossa percepção do tempo pode ser matizada e manipulada. Ao controlar sua respiração, você pode acalmar sua mente e retardar o fluxo do tempo.

Alcançando aquele lugar de “sem tempo” no momento vazio da quietude é o que chamo de “Beber do Infinito”. É aqui que toda a cura acontece e é aí que você pode acessar qualquer informação que desejar.

Lembre-se de que você está apenas a um sopro desse infinito espaço/tempo… Sempre.

3. Mantenha-se em movimento o dia todo.

A água parada é venenosa e nós viemos de ancestrais que se moviam, subiam, corriam, pulavam e nadavam o tempo todo.

Nossos estilos de vida estagnados estão nos colocando em posições não naturais e fechando o fluxo natural de energia em nossos corpos. Isso reduz nossa frequência vibratória e rompe nossa conexão com a Inteligência Universal.

Nossas mentes ficam embotadas e esquecemos quem somos e de onde viemos. Uma solução rápida para isso é definir um cronômetro para fazer uma pausa física a cada 25 minutos.

Eu saio e faço alguns agachamentos, polichinelos, flexões, ou o que quer que seja pelo menos duas vezes por hora para manter meu corpo acordado, vivo e vibrante. Você vai se ver tomando muito menos café desta maneira.

4. Faça do seu quarto uma cabana sagrada para dormir.

Há muito poder na escuridão e os antigos tinham muito dela.

Isso ajuda a desencadear a liberação de melatonina natural em nossas glândulas pineal, bem como hormônios de crescimento e todos os tipos de desintoxicação maravilhosa que precisamos de nossos dias corridos.

A luz artificial interrompe isso, então um monge urbano aprende a tirar os eletrônicos do quarto e protege as paredes da poluição eletrônica que pode ser perturbadora. Pense na caverna. Uma cabana sagrada precisa ser restauradora.

À luz de velas para as últimas duas horas da sua noite é uma prática incrível para ajudar isso.

5. Agradeça cada mordida.

Um dos principais princípios xamânicos que perdemos de vista é a necessidade de total reverência por tudo o que ingerimos.

Tomando o tempo para perceber que este “alimento” é algo que estava recentemente vivo e é “dar de si” para nós, é poderoso.

O que você está fazendo com a sua vida para merecer essa energia? Como você pode pagá-la para toda a vida com o seu maior serviço ao mundo natural e às futuras gerações?

Agradecer nos conecta com isso e nos ajuda a nos ancorar no que é importante.

6. Tenha algo em casa que você cultive para comer.

Seja um tomateiro no balcão ou um jardim completo, conectar-se com a energia da vida é fundamental.

A mágica de uma semente germinada se transformando em um talo de algo que você nutre e, eventualmente, produzindo um alimento que você ingerir é poderoso.

Isso nos conecta com o próprio milagre. Ter uma mão no ciclo da vida nos mantém ancorados e reverentes.

7. Conecte-se com pessoas mentalmente semelhantes.

Sangha, ou comunidade, é importante no budismo e assim é no xamanismo tribal.

Conecte-se com sua comunidade e não deixe que os outros o distraiam em uma visão de mundo perversa que o leva a um consumo e conflito irracionais.

Você está no caminho certo para se unir com os amigos e trabalhar juntos para manter a linha. Você trabalha para a Grande Mãe agora =).

8. Não leve a sociedade tão a sério.

O mundo moderno está lidando com uma epidemia de estresse.

As pessoas estão tão ocupadas correndo por aí comprando porcarias que não precisam, que não param para perceber que estão desperdiçando sua força vital em lixo sem sentido.

Então elas se queixam de não ter dinheiro, tempo ou energia suficientes, quando teriam todos os três se parassem de comprar a porcaria que está poluindo nosso planeta e nos sufocando em primeiro lugar.

A alma sábia entende que isso é loucura e mantém a corte para as pessoas em sua vida. Deixe-as ver o quão feliz e pacífico você está e, então, pelo exemplo, elas podem aprender de uma maneira melhor.

Não pregue… Seja.

9. Controle o sonho.

A mídia pinta a imagem de um mundo cheio de conflitos, no qual precisamos abandonar nossas liberdades e poderes a forças que nos protegem contra “eles”.

Ame toda a vida e não acredite em narrativas tão mesquinhas.

Toda vez que você compra alguma coisa, você está votando com seu dinheiro. Está dando poder na forma de moeda para uma empresa que está ajudando a tornar o mundo um lugar mais limpo, seguro e saudável, ou a um que está nos levando na direção oposta.

Um viajante de alma urbana entende seu papel nisso e só aloca dinheiro para pessoas e empresas que o merecem. Desta forma, votamos nas práticas que queremos ver e trabalhamos para tornar o mundo um lugar melhor em cada ação.

Crie o mundo que você gostaria de viver com as ações de hoje.

Eu venho ensinando os alunos a conectar, intensificar e iniciar suas vidas por algumas décadas. Meu treinamento inclui Kung Fu, Tai Chi, Qi Gong e muitas formas de ioga, mas minhas raízes são xamânicas.

Passei incontáveis ​​horas na floresta me conectando com o vento e percebendo o movimento de energia ao meu redor.

Se você gostaria de explorar esses tipos de estratégias escritas com você em mente, restrições de tempo e tudo, confira meu novo livro, “Monge Urbano”.


Este artigo é uma tradução do Awebic do texto originalmente publicado em Energy Therapy, por Pedram Shojai.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here