Sábios são aqueles que sabem se dar um tempo. Que não se cobram tanto pelos erros, pelas metas e sonhos que ainda não foram realizados.

Feliz é aquele que sabe se deixar em paz e não se deixa levar por essa modinha de perfeição.

Bendito seja o que aprendeu que paciência e resiliência devem andar de mãos dadas com a fé, a esperança e uma pitada de ousadia.

Somos humanos, não máquinas. Temos sentimentos, e permita-me dizer: eles não são descartáveis.

Não existe um roteiro a seguir, quando o assunto é a vida. Sabe esses padrões que estão apertando seu pescoço, ao ponto de quase sufocá-lo? Eles pertencem a uma sociedade contraditória e marcada por muita hipocrisia.

Esses padrões, essas imposições só serão efetivos, se você aceitar e se deixar levar. Então, não deixe. Não entre nessa modinha da perfeição. Não se maltrate só para agradar, para pertencer, para ser aceito
.
Case-se somente quando (e se) quiser. Comece sua faculdade aos 20 ou aos 50. Tenha filhos, ou viva sozinha(o). Faça dieta se sentir a necessidade ou não, se for mais feliz assim. Cuide da sua saúde por amor a você e não para impressionar ninguém. E se não tiver certeza sobre nada? Se não souber o que fazer, para onde ir, tudo bem. Tenha paciência com você. Dê-se um tempo de tudo. Não se culpe ou se condene por tudo que (ainda) não deu certo.

Por que se autoflagelar, quando você pode simplesmente deixar as coisas serem? Permita que a vida siga seu fluxo natural, sempre confiando no amor, na compaixão e poder da divindade que rege esse Universo.

Somos humanos, não máquinas, então aprenda a se deixar em paz de vez quando. Não leve a vida a pau e pedra.

Respeite sua fragilidade, respeite as suas fraquezas, celebre sua liberdade, viva sua verdade, sendo fiel à sua essência!
Nós já sabemos que não dá para ser feliz sempre, mas, coragem, ah, isso dá! Então, com coragem, sem pressa, sem pressão e no passo que o faz bem, siga sua caminhada, de cabeça erguida e de peito aberto.

A fé o confortará, a esperança será sua inspiração, a sua fraqueza será transformada em força, e então você sorrirá para a vida e ela, gentilmente, vai sorrir de volta para você!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Wandy Luz
“Pedras no caminho ? Não guardo nenhuma, mas escrevo sobre cada uma delas. Construo castelos de palavras, e te convido a entrar e fazer parte do meu conto de vida.”Wandy Luz é colunista, apresentadora e um ser humano em busca de evolução.Também escreve para: O Segredo, Resiliencia Humana, Jornal e-Cuesta e Portal Resiliencia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here