Eu sintonizo a pureza que há em meu coração e me permito expandir essa energia a todos que me cercam.

Mesmo em meio a correria que vejo, eu me permito desacelerar, ir mais devagar, no ritmo do meu pulsar.

Que através da respiração consciente eu possa descansar

levando meu corpo a dar as mãos para a leveza, e mesmo em meio ao caos, flutuar.

Eu me permito abrir um portal que me transporta para um lugar de paz e conexão, bem dentro de mim.

Nele eu mergulho em profunda presença, me conecto a natureza com amor e devoção. E me permito apenas ser, me refazer, me realinhar, e me curar da correria da minha própria mente. Porque sei que lá fora é um reflexo daqui de dentro. Por isso escolho desacelerar no meu momento.

Que a presença em cada atividade seja minha mais pura verdade.

Que a preocupação seja desalojada dos meus pensamentos, e que em seu lugar o cantar dos pássaros seja a mais nova melodia, harmonizando todo o meu ser, desde a manhã até o anoitecer.

Que eu possa sentir verdadeiramente o quanto impregnada do amor Divino Sou a cada instante e o quanto a correria dos meus dias me impede de perceber esse valioso diamante.

Eu honro cada minuto de vida, me preenchendo de AQUI e AGORA, pois sei que é nesse instante que minha alma de amor se revigora.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Meire Oliveira
Meire Oliveira é Escritora, Poeta e Coach de transformação. Amante das estrelas e das estradas. Autora dos livros Pintando Borboletas e Vai Com Fé que Flui. Conjuga o verbo escrever com vários outros juntos: ama, sente, vê. Por isso nasce e renasce em palavras que palpitam nela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here