Você tem a sensação de que não é capaz de participar de reuniões de amigos porque fica esgotado ao ter que conversar com as pessoas? Você acha que socializar é uma perda de tempo e é muito difícil se relacionar com os demais? Se a resposta for sim, este artigo é para você, pois vamos explicar o motivo pelo qual nos sentimos esgotados nestas situações.

Em primeiro lugar, é preciso saber que quando uma pessoa se sente incômoda falando com outras, nem sempre existe um problema. Ou seja, existem traços de personalidade que se caracterizam por uma maior “resistência” na hora de se relacionar com os outros e interagir socialmente, e isso não significa que exista um problema psicológico por trás.

Também existem dificuldades, como o medo de falar em público, que podem ser confundidas com o fato de se esgotar ao se relacionar com os demais, mas que na realidade não têm nada em comum.

No entanto, existem transtornos psicológicos que causam uma grande dificuldade para se abrir e falar com outras pessoas. Por exemplo, aqueles que sofrem de depressão ou ansiedade costumam sofrer neste tipo de situações, já que focam em excesso a atenção ao seu interior e, por isso, não ficam em sintonia com os outros.

Motivos pelos quais você se cansa ao conversar com as pessoas

A seguir vamos explicar alguns dos principais motivos pelos quais temos esta sensação de fadiga, cansaço ou esgotamento ao falar com os demais.

Traços de personalidade específicos

Existem diferentes tipos de personalidade e, de acordo com o autor ao qual fazemos referência, vamos encontrar diferentes classificações e categorias para elas. No entanto, praticamente todos os modelos de personalidade têm um traço conhecido como introversão.

Essa característica não é algo que uma pessoa tem ou não tem 100%, não se trata de que a pessoa esteja presente ou ausente: todos nós a possuímos em maior ou menor escala.

Existem traços de personalidade que se caracterizam por uma maior “resistência” na hora de se relacionar com os outros e interagir socialmente, e isso não implica a existência de um problema psicológico escondido.

A introversão é um traço de personalidade amplamente reconhecido. Trata-se de uma tendência que o indivíduo tem em viver em seu mundo interno e se sentir confortável e feliz em situações nas quais poucas pessoas se permitem estar, e expressar suas emoções quando desejar, sem pressão.

O traço ou polo contrário da introversão é a extroversão. No entanto, é importante lembrar que todos nós temos esse traço em maior ou menor escala, por isso, mesmo que sejamos muito sociáveis, podemos ter dias nos quais não queremos falar com as pessoas e, inclusive, podemos nos cansar de prestar atenção durante as conversas.

De fato, o ato de uma pessoa introvertida conversar com as pessoas representa um alto gasto de energia para seu cérebro e, por isso, essas pessoas costumam ficar esgotadas. Não é que seja muito difícil conversar com as pessoas para o seu cérebro, mas este prioriza outras atividades, como a criatividade, a introspecção, a reflexão e a análise, em vez de socializar.

Por essa razão, recomenda-se que as pessoas introvertidas passem um tempo a sós e intercalem isso com saídas, tendo em conta que não há nada errado em se sentir assim.

A introversão, a tendência a voltar os olhos para o interior, pode ser um dos motivos que explicam o fato de você se sentir cansado ao conversar com os outros.

Desânimo ou falta de motivação

O desânimo e a falta de motivação fazem com que as pessoas sintam que é muito difícil se relacionar com as demais, que é muito difícil trabalhar ou realizar tarefas da rotina diária.

Nesse sentido, se o seu estado de ânimo e seu nível de motivação pessoal são baixos, é normal que você se sinta esgotado. A razão para isso se encontra em estar preso a estes estados. Você sente que os demais não contribuem em nada, que não o motivam e que, além de tudo, fazem você perder tempo.

A falta de motivação e o desânimo também podem explicar o esgotamento.

É verdade que uma forma de melhorar a maneira como nos sentimos nestes momentos é falar com as pessoas, mas para que esta estratégia funcione é preciso escolher muito bem como fazer isso. Acima de tudo, é importante evitar aqueles que somente transmitem seus problemas e queixas, já que dessa forma, em vez de nos sentirmos ouvidos, vamos ter uma grande carga ao sustentar suas emoções negativas.

Outra das razões pelas quais você pode se sentir esgotado ao conversar com os outros, e que está relacionada com o seu humor desanimado, pode ser a insegurança experimentada ao não saber com quem falar sobre o que está acontecendo.

Por outro lado, é importante mencionar que o estado de ânimo também coexiste com dificuldades para manter a atenção e participar de forma ativa em situações sociais. Por isso, a forma como você se sente vai afetar a sua capacidade de falar com as pessoas e de se relacionar.

Em algumas ocasiões, nos sentimos esgotados porque falamos com pessoas que só transmitem seus problemas e, em vez de nos sentirmos ouvidos, nos sentimos carregados pelas emoções dos demais.

Finalmente, se você se sente assim, saiba que mesmo que você se canse, esta é uma atividade necessária, pois somos animais sociais e o isolamento só leva a mais isolamento.

Uma possível alternativa para melhorar sua situação pode ser selecionar melhor com quem você fala e sobre quais assuntos você fala. Caso você seja introvertido e se relacione com pessoas muito extrovertidas que demandam uma grande participação social, talvez você possa não se sentir motivado a interagir.

Fonte indicada: A Mente é Maravilhosa

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here