Passamos o dia inteiro com acesso à internet. As pessoas estão ali, ao alcance de nossas mãos. Fotos, notícias vinte e quatro horas do dia-a-dia (caiu o hífen? Nunca sei.) de cada um.

Conversas e mais conversas e outro punhado de conversas.

Algumas a gente lê, outras ignoramos, outras só lemos por alto, participando minimamente do assunto. Soltamos um ‘hahaha’ aqui. Um ‘kkkk’ acolá. Um ‘rsrsrs’ (odeio esse, por sinal). E absorvemos outro punhado de risadas de várias pessoas com nomes coloridos. Tem nomes que são só números, mas estão ali, meio vivendo a vida e meio que participando da sua… Whatever.

Eu queria comentar mesmo são os ‘hahahas’, os ‘kakakas’…

Quantos desses risos são puramente costume e política da boa vizinhança? A vida é morna do lado de cá das telinhas e parecemos a pessoa mais alto astral do lado de lá…

Já parou para contar quantos ‘hahahas’ você dá, sem, de fato, sorrir?

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Mafê Probst
Engenheira, blogueira, escritora e romântica incorrigível. É geminiana, exagerada e curiosa. Sonha abraçar o mundo e se espalhar por aí. Nascida e crescida no litoral catarinense, não nega a paixão pela praia, pelo sol e frutos do mar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here