E você continua. E isso é uma das coisas mais lindas que há em você. Você continua mesmo aos tropeços, com o coração partido, com um “quê” de dúvida sobre pra onde ir, com peso nas costas e leveza nos passos. Você continua. Você continua oferecendo o seu melhor mesmo depois de ter se decepcionado tantas e tantas vezes, mesmo depois de ter errado, mesmo depois de ter se desdobrado em mil, apesar do cansaço dos dias, dos sentimentos fatigados, você… Continua. E, mesmo que o brilho nos olhos, às vezes, diminua um pouco, você não deixa de olhar para as coisas e para as pessoas de um jeito bonito, de uma maneira ingênua, esperando o melhor dali. E, mesmo com a voz embargada, com um nó na garganta, não deixa de oferecer palavras gentis, não deixa de ser suave ao falar até sobre aquilo que te machucou. Você continua sendo luz quando tudo escurece e acredita sempre que vai ficar tudo bem. Porque você é assim… Carrega esperança nesse peito aberto. Esperança de dias melhores, de pessoas melhores, de ser melhor dia após dia. Você continua, ainda que com passos lentos. Você sente, mesmo que não sintam. Você vê quando ninguém vê e entende quando nem é preciso. Continua mesmo. Não perde esse jeito, não desanima, não desacredita. Você ilumina tanta gente por ser do jeito que é e se ilumina mais ainda por ter a coragem de continuar sendo quem é.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Isabella Gonçalves
Formada em Direito, apaixonada por livros, pessoas e céu cinzento. Escrevo porque gosto e quando quero. Inconstante, dramática, sonhadora. Vejo 100 onde há um. Vejo um onde há 100 vazios. Confiável, confiante, e que siga a vida! Adiante...sempre.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here