É aos poucos que a gente vai aprendendo quem vale a pena ter por perto e quem é melhor ficar bem longe.

É verdade quem nem sempre dá pra aplicar a lei da distância.

Eu conheço gente que padece com pessoas de caráter duvidoso debaixo do mesmo teto, às vezes são irmãos, irmãs, cônjuges e até pais ou filhos.

E, acredite, ter alguém do mesmo sangue em quem não se pode confiar é doloroso e difícil demais.

Nestes casos, vale insistir um pouco, dar mais uma chance, tentar ouvir os argumentos… mas, uma vez comprovada a má intenção é melhor manter-se longe.
Tem gente que vai criticar, julgar, reparar…

Ignore.

Só a gente é que sabe onde apertam nossos calos.

E é melhor um bom espaço de separação do que viver às turras com aqueles cujos pensamentos não harmonizam com os nossos.

Tem gente que pede mãos dadas, corações interligados e almas conectadas.
Fique com estes.

Os que trazem desconforto emocional, tensão e apreensão ponha num barquinho imaginário e entregue pras ondas do mar.

Que façam uma ótima viagem… só de ida!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Ana Macarini
"Ana Macarini é Psicopedagoga e Mestre em Disfunções de Leitura e Escrita. Acredita que todas as palavras têm vida e, exatamente por isso, possuem a capacidade mágica de serem ressignificadas a partir dos olhos de quem as lê!"

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here