Um membro de determinado grupo, ao qual prestava serviços regularmente, deixou de participar de suas atividades, sem nenhum aviso.

Após algumas semanas, o líder do grupo decidiu visitá-lo.Era uma noite muito fria.

O líder encontrou o homem em casa sozinho, sentado diante da lareira, onde ardia um fogo brilhante e acolhedor.

Adivinhando a razão da visita, o homem deu as boas-vindas ao líder, conduziu-o a uma grande cadeira perto da lareira e ficou quieto, esperando.

O líder acomodou-se confortavelmente no local indicado, mas não disse nada. No silêncio que se formara, apenas contemplava a dança das chamas em torno das rachas de lenha, que ardiam.

Ao cabo de alguns minutos, o líder examinou as brasas que se formavam e cuidadosamente selecionou uma delas, a mais incandescente de todas, e empurrou-a para o lado.

Voltou então a sentar-se, permanecendo silencioso e imóvel. O anfitrião prestava atenção a tudo, fascinado e quieto.

Aos poucos a chama da brasa solitária diminuiu, até que houve um brilho momentâneo e seu fogo apagou-se de vez.

Em pouco tempo o que antes era uma festa de calor e luz, agora não passava de um negro, frio e morto pedaço de carvão recoberto de uma espessa camada de fuligem acinzentada.

Nenhuma palavra havia sido dita desde o protocolar cumprimento inicial entre os dois.

O líder, antes de se preparar para sair, manipulou novamente o carvão frio e inútil, colocando-o de volta no meio do fogo.

Quase que imediatamente ele tornou a incandescer, alimentado pela luz e calor das brasas ardentes em torno dele.

Quando o líder alcançou a porta para partir, o anfitrião disse:

– Obrigado por sua visita e pelo belíssimo ensinamento. Voltarei às minhas atividades amanhã. Deus o abençoe !

E seu pedaço de carvão está como???

******

Como está o seu pedaço de carvão? Esta é a pergunta chave! Esse carvão é você com a sua própria força, energia e talento. A primeira lição que tirei desse texto é sobre a AMIZADE. A amizade cresce no convívio com os amigos, não dá para ser um grande amigo estando sozinho o tempo todo, é como falei em outro texto, as pessoas muito solitárias têm seus amigos, mas esses não são de carne e osso, são livros, ou amigos imaginários. Vamos conviver mais com as pessoas que nos fazem bem e são importantes…

Outro ensinamento incrível é sobre a LIDERANÇA. Um verdadeiro líder corre atrás da ovelha que está perdida. Percebe a semelhança com Jesus Cristo? Ele foi o maior líder que esse planeta já teve. O líder dessa história se assemelha a Jesus não apenas por buscar a ovelha perdida, mas pelo seu COMPORTAMENTO. Ele fez com que seu amigo encontrasse a resposta dentro dele mesmo. O líder não precisou falar uma só palavra, apenas os seus gestos mostraram ao homem o que ele foi fazer em sua casa. Jesus era assim! Era super econômico com as palavras, mas as poucas palavras que saiam de sua boca faziam revolução e se tornaram eternas. É por essas e outras que Jesus falava por meio de parábolas.

O terceiro ensinamento é sobre os TALENTOS. Para que você desenvolva seus talentos deve estar inserido em algum grupo, empresa, instituição etc. Enfim, para você ser o melhor no que faz precisa estar com pessoas, precisa ter REFERÊNCIAS, precisa aprender um pouco com quem sabe mais que você e pode lhe ensinar. É a dinâmica do fogo, esse fogo são as grandes referências e as pessoas, se você se juntar a elas também brilhará e ficará incandescente, podendo até brilhar mais forte, ou seja, superando o seu próprio mestre. Mais uma vez isso me lembra o mestre Jesus Cristo. Ele disse aos seus apóstolos: “Vocês farão as obras que eu faço e as farão ainda maiores…”. Esse é outro objetivo dos grandes líderes, desenvolver os seus subordinados de forma que se tornem melhores do que eles próprios.

Enfim! Reflita sobre essa pequena história e procure desenvolver um pouco mais destes vários ensinamentos transmitidos nessa pequena estória…

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Isaias Costa
Bacharel em Física. Mestre em Engenharia Mecânica e Psicanalista clínico. Trabalha como professor de Física e Matemática, mas não deixa de alimentar o seu lado das Humanas estudando a mente humana e seus mistérios, ouvindo seus pacientes e compartilhando conhecimentos em seu blog "Para além do agora", no qual escreve desde 2012.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here