Sim, é difícil aceitar quando o amor acaba, e hoje em dia parece que os relacionamentos chegam ao fim com cada vez mais frequência, famílias se separam ou terceiras pessoas aparecem. O amor chega ao fim e começam a surgir as dúvidas sobre o que podemos fazer nesse momento.

É melhor que o outro tome a iniciativa ou que você tome a decisão de acabar com o relacionamento? Não pode existir parte fácil em nenhuma das duas posições? Sempre é duro abandonar ou ter que deixar algo que nos fez feliz, ver como o tempo vai acabando com as forças para manter unidas duas pessoas que acreditavam ser fortes para permanecer juntas. No entanto, manter algo pelo que foi um dia também não é uma boa opção.

Tomar a decisão de terminar um relacionamento sempre será difícil, por isso é preciso avaliar os prós e os contras antes de fazê-lo. Algo mudou? Pode ter solução? Quero consertar ou não quero mais lutar por essa relação? É cansaço ou falta de vontade? Acredito que mereço algo melhor?

Avaliar todas estas perguntas permite tomar um tempo de reflexão e se assegurar um pouco mais antes de tomar uma decisão que, ainda que possa não ser correta, pelo menos será adequada no momento. A impulsividade, a raiva ou a tristeza não nos levam a boas decisões, por isso é preciso esperar e refletir, dar um tempo e se permitir sentir para poder escolher.

É possível recuperar um amor apagado?

Aqui não há teorias gerais que possam ser aplicadas a todos os casais. Alguns casais encontrarão a fórmula secreta para recuperar o amor e outros não conseguirão, ou inclusive não vão nem querer tentar. Podemos apenas ter certeza de que, se quiserem e tentarem, podem conseguir.

Em um relacionamento as duas pessoas tomam decisões e trabalham para manter o amor e a magia no dia a dia. Quando se quer recuperar algo e os dois trabalham em uma mesma direção para conseguir alcançar esse objetivo em comum, cada um põe sua melhor intenção porque quer e sabe que ainda há amor…

Sabemos que o amor acaba, mas isso vai acontecer quando os dois ou algum deles deixar de tentar e de trabalhar pelo relacionamento. Se você acredita que ainda resta algo pelo que lutar, então faça, esgote suas forças e depois tome as decisões, porque se você ainda quer, ainda é possível tentar. Que não fique depois o arrependimento por não ter ao menos tentado.

As diferentes etapas não significam que o amor acabou

O amor vai passando por etapas, e acreditar que ele acabou por estar em uma etapa diferente do começo é um erro, e um erro mais comum do que imaginamos. Passar pela etapa da paixão é fantástico, mas não é totalmente real. Precisamos conhecer nosso parceiro da forma como ele é, e isso é o que nos dará a oportunidade de amar de verdade, sem vendas.

Pode ser que o amor se acabe, e quando isso acontecer, será preciso seguir seu caminho. Tomar a decisão de terminar um relacionamento pode ser difícil, mas talvez a dor seja só algo passageiro depois do fim, e dentro de algum tempo sejamos capazes de ver tudo o que perdíamos com alguém que já não nos fazia feliz.

O amor é um caminho longo e, às vezes, complicado; por isso, em alguns casos terminar um relacionamento significa manter uma pitada de amor entre os dois de uma forma diferente e, outras vezes, puxar muito algo que já está acabado pode quebrar os dois extremos de quem puxa. Tome um tempo para refletir e pergunte a si mesmo: a pessoa que está ao seu lado hoje é a mesma com quem você quer viver o futuro?

Fonte indicada: A Mente é Maravilhosa

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here