Me pego observando certos seres humanos, cujo comportamento me fazem, de fato, duvidar da humanidade que tanto propagamos por aí.

De certo que tenho milhares de melhoramentos a fazer nas minhas formas de agir e pensar. Falar então, ôxxxi! Pense numa pessoa que precisa aprender a ficar quieta… pois essa pessoa SOU EU!

No entanto, custa-me crer na falta de cuidado que anda reinando neste planeta. Somos uma raça de abandonados e de abandonantes.

Filhos abandonados, pais abandonados, crianças, idosos, bichinhos… todos abandonados.
Às vezes chego a pensar que há habitantes em outros mundos e que eles se escondem como podem, por medo de nós!

Sendo assim, deixo aqui uma declaração. Caso este singelo texto seja lido por um marciano, saturniano, venusiano ou outro morador de galáxias distantes, que sejam amáveis, queridos e iluminados e que estejam a fim de um relacionamento leve, verdadeiro e divertido, minhas malas estão prontinhas! Pode mandar me buscar!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Ana Macarini
"Ana Macarini é Psicopedagoga e Mestre em Disfunções de Leitura e Escrita. Acredita que todas as palavras têm vida e, exatamente por isso, possuem a capacidade mágica de serem ressignificadas a partir dos olhos de quem as lê!"

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here