Quando o casal insiste em um relacionamento que já fracassou, além de viver infeliz e irritado, acaba afetando a vida de todas as pessoas que convivem com esse casal, sobretudo filhos, quando há filhos, e os familiares e até amigos.

Além disso, casais infelizes correm o risco de adoecer, tanto física quanto psicologicamente.

É claro que a gente casa com o peito cheio de esperança e com a cabeça repleta de sonhos de felicidade.

Também é claro que não podemos desistir de uma relação, ao primeiro sinal de problemas ou dificuldades.

No entanto, há situações de desgaste que são irreversíveis. E, neste caso, o mais certo a fazer é dar um final digno ao relacionamento, buscar uma convivência o mais pacífica possível e seguir adiante. Afinal, sempre se pode encontrar um novo amor.

Sendo assim, fique atento aos sinais:

1 – Falta de paciência, de atenção e de cuidado entre duas pessoas, revelam que os parceiros estão se distanciando do comportamento amoroso que é frequente no início dos relacionamentos.
Por isso, se tudo o que o outro faz provoca irritação, se os desejos são sempre ignorados e se reina a falta de cuidado no tratamento, tudo isso pode ser indício de uma grave crise.

2 – Desconfiar das atitudes, das palavras e das intenções do parceiro, significa que não está havendo o entrosamento necessário entre o casal. Viver duvidando do outro, provoca ansiedade, tristeza e inquietação. A confiança é um dos mais importantes pilares de todo relacionamento.

3 – Nunca ter tempo para o parceiro! Quando um dos dois está sempre ocupado, envolvido e mobilizado por outras ocupações, passa a mensagem de que o outro não é uma prioridade. Esse pouco caso acaba por criar ressentimentos que minam e desgastam a relação com cobranças de afeto e atenção.

4 – Tudo vira briga! Quando o casal vive discutindo pelos motivos mais diversos, às vezes até bobos, revela que não está havendo harmonia de interesses, pensamentos, ideias e objetivos. As discussões constantes azedam qualquer relação e fazem com que o casal não tenha mais vontade de estar perto e de conviver.

5 – Viver desenterrando assuntos do passado! Não pode haver nada mais constrangedor do que viver remoendo coisas mal resolvidas. Este é um sinal claro de o casal não soube amadurecer a relação e, por isso, prefere culpar o outro em vez de buscar uma solução para os problemas.

Relacionamentos estáveis passam por muitas fases, ao longo do tempo. Há momentos de enorme felicidade, há momentos mais mornos, bem como épocas cheias de problemas e desafios.

Para que um relacionamento prospere é preciso que haja compromisso mútuo, respeito e vontade de ser e de fazer o outro feliz!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Ana Macarini
"Ana Macarini é Psicopedagoga e Mestre em Disfunções de Leitura e Escrita. Acredita que todas as palavras têm vida e, exatamente por isso, possuem a capacidade mágica de serem ressignificadas a partir dos olhos de quem as lê!"

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here