O que eu quero pra hoje? Quero um dia lindo de sol, feito esse que está fazendo lá fora. Quero uma rede na varanda, de frente pro mar. Na trilha sonora, quero gargalhadas de bebês. Quero a companhia de borboletas, pássaros e pessoas queridas que fazem parte do meu mundo. Além disso, quero uma consciência tranquila pra poder balançar na rede sem preocupação. Quero adormecer tendo certeza que cumpri o meu papel, que dei o melhor de mim e fui o melhor que eu poderia ser. Pra hoje quero boas recordações, fotos de infância e de viagens e uma nostalgia daquelas boas de sentir. Quero chorar de rir, me emocionar frente aos milagres da vida e cantar, mesmo que seja pra ninguém ouvir. Quero som de saxofone e violino enquanto eu danço no ritmo que eu bem entender. Quero bolinhos de chuva da mamãe, e não importa que lá fora esteja o maior sol, eu gosto dos contrários assim mesmo. Quero também o colinho de papai, aquele que tem o poder de transformar meu pranto em riso. Quero fazer planos, muitos planos, e que eu tenha ao meu lado alguém que queira estar presente neles. Quero Martha Medeiros, Rubem Alves e Padre Fábio de Melo em formato dos meus livros preferidos. Pra hoje eu quero um banho de mar e uma prancha de stand up pra apreciar o por do sol. Vou falar dos meus sonhos, dos meus medos e do quanto eu sou indecisa com algumas coisas. Vou contar sobre a minha infância e vou lembrar de todas as pessoas que fizeram parte dela. Pra hoje eu quero a alegria de saber que eu estou viva, que eu tenho saúde, que estou no caminho certo e tenho ao meu lado pessoas incríveis. Pra hoje eu quero ser eu, sem armadura, sem maquiagem, de pés descalços e coração aberto. É só isso, é muito isso, é tudo isso. E não é imaginação, é só meu coração dizendo onde ele queria estar.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Josielly Pinheiro Westphal
"Psicóloga de vez em sempre, organizada de vez em nunca. Escreve sobre coisas aleatórias e em momentos mais aleatórios ainda. Tem mania de observar tudo ao seu redor, mas tem opinião formada sobre bem poucas coisas. Aprendiz na arte de encerrar ciclos e de se abrir para novas experiências. Acredita em Deus e nas pessoas. Gosta muito do mar, de sol, da família, dos amigos. Corre, malha, faz trilha, come e bebe quando tem vontade. Sensível e durona, teimosa e manhosa: HUMANA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here