Às vezes estamos tão ocupados que nos esquecemos de cuidar da única pessoa que nos acompanhará por toda a vida: nós mesmos. Pode ser que pensar no bem-estar próprio e se situar como prioridade em sua lista de “deveres” diários soe egoísta… mas não é. Na verdade, um dos investimentos mais importantes que podemos fazer é investir em nós mesmos, em nossas necessidades e em nosso bem-estar. Além disso, é imprescindível saber como cuidar de si mesmo para poder cuidar dos demais. Porque se não nos cuidamos corretamente, não podemos nos doar aos demais de forma mais íntegra e completa.

Dedicar horas do dia a cuidar dos demais é uma iniciativa que nasce do carinho mais genuíno e profundo, no entanto, quando esta situação é constante, traz consequências a nível emocional. Além disso, se uma pessoa dedica grande parte de sua vida a cuidar dos outros, seja a nível prático (fazer coisas pelos demais) ou sentimental (dar apoio emocional), deixa de cuidar de si mesma e inclusive pode ser que se esqueça de como fazê-lo. Por isso, neste artigo falaremos sobre como cuidar de si mesmo, já que se trata de uma habilidade fundamental para ter uma boa saúde psicológica e emocional.

“Não existe maior satisfação do que olhar para trás e perceber que crescemos em autocontrole, critério, generosidade e ações desinteressadas”.
– Ella Wheeler Wilcox-

Por que cuidar de si mesmo é uma tarefa difícil?

Porque os humanos muitas vezes agem, se movem e decidem em função do que necessitam ou dizem os demais, não atendem as suas próprias necessidades e se esquecem delas. Ou seja, do mesmo modo que, se pararmos de fazer uma atividade, perderemos prática e desenvoltura, e inclusive nos esqueceremos do quanto gostávamos dela, se deixarmos de nos ouvir e de cuidar de nós mesmos, nos esqueceremos de como fazê-lo. Esta situação é observada especialmente em pessoas que dedicam muitos anos a cuidar dos filhos ou de um familiar, e no momento em que deixam de fazê-lo, se deprimem, sentem ansiedade e não entendem o que está acontecendo ou por que se sentem assim.

As pessoas que não sabem como cuidar de si mesmas procuram a terapia e explicam que têm a sensação de estar perdidas; elas se sentem sem rumo, bloqueadas e sem capacidade de fazer algo diferente para sair da situação na qual se encontram. O que ocorre em todos estes casos é que chegou o momento de “cuidar de si mesmo” e não sabem como fazê-lo. Enfrentam uma tarefa que parece quase impossível, estranham e não sabem nem por onde começar.

“Só existe uma pequena parte do universo que você saberá com certeza que pode ser melhorada, e essa parte é você”.
– Aldous Huxley –

Como cuidar de si mesmo? Aqui vão 7 ideias práticas

Você pensa que, se está bem, será mais fácil superar todas as dificuldades que o rodeiam. Além disso, tem que aceitar que esta tarefa depende de si mesmo. Ou seja, se você tem um parceiro, amigos, família ou filhos, é ótimo que eles se preocupem com o seu bem-estar (e de certo modo, “deveriam” fazê-lo), mas não temos que esperar que as pessoas de nosso entorno cuidem de nós; trata-se de uma tarefa que temos que levar por iniciativa própria. Por tudo isso, aqui vão 7 ideias práticas.

1. Organize seu ambiente para que este represente o melhor de si

Manter sua casa, seu quarto, ambiente de trabalho e entorno físico em ordem representa um passo adiante na tarefa de cuidar de si mesmo. O lugar onde estamos tem que convidar à permanência, e não à fuga. A bagunça, a luz escassa e a falta de calor fazem com que nos sintamos incomodados, e isso aumenta o mal-estar psicológico geral.

2. Busque um momento de relaxamento todos os dias

Levamos um estilo de vida no qual “nunca temos tempo”. Em parte isso é verdade, mas o tempo é um recurso que se “tira” de um lugar e se “coloca” em outro. Com isso, para cuidar de si mesmo é importante buscar, mesmo que sejam 10 minutos diários, relaxamento e desconexão, desfrutar de um café ou de um chá, olhar as notícias ou as redes sociais em seu celular, sem que nada ou ninguém o incomode. Este momento de relaxamento pode ser pela manhã, à tarde ou à noite, não importa em qual faixa de horária seja, mas tem que existir um.

3. Inclua o sorriso em sua rotina

Recorra a aquilo que te faça rir: uma série, filmes, um programa de rádio ou desenho, não importa… o importante é se conectar com o seu humor. O impacto de buscar o sorriso todos os dias é muito positivo e é notado no humor. Seja proativo e aproxime-se do que te faz rir, busque, não espere que bata à sua porta.

4. Afaste-se de pessoas e emoções negativas

Afastar-se daquilo que o machuca é um passo imprescindível para cuidar de si mesmo. Se você mantém relações tóxicas ou tem em seu círculo mais próximo pessoas que lhe transmitem negatividade, deve dar distância e colocar limites. É difícil cuidar de si mesmo se nos rodeamos de pessoas que se dedicam a minar nossos esforços para alcançar o bem-estar.

5. Cultive suas relações pessoais, dedique tempo a elas e faça valerem a pena

Uma vez que você tenha demarcado limites nas relações tóxicas e tenha se afastado das emoções negativas, pode se dedicar a cultivar as relações que façam você se sentir bem. Dedique tempo a elas, saia com amigos e amigas, tenha um encontro com seu parceiro ou vá visitar um familiar que queira ver. Investir tempo nestas relações fará com que você se sinta apoiado e cuidado emocionalmente.

6. Faça exercício físico

O exercício físico demonstrou ser uma das melhores ferramentas para nos ajudar a recuperar o equilíbrio psicológico e melhorar o humor. Além de ter benefícios a nível psicológico, o exercício melhorará sua autoestima, constituindo assim uma injeção de emoções positivas. Comprometa-se a cumprir com uma rotina semanal de exercício, e você notará as mudanças imediatamente.

7. Escute suas necessidades como pessoa

Antes de mais nada, conecte-se com as suas necessidades, escute o que você gosta de dizer ou fazer e seja fiel a si mesmo; esta será uma das melhores maneiras de cuidar de si. Desviar-se das suas necessidades e priorizar sempre o bem-estar dos demais pode ser o mais fácil no momento, mas a longo prazo trará consequências. Trata-se de dedicar um tempo para pensar em como se sente, o que quer, o que é importante para si e como pode satisfazer estes aspectos.

Finalmente, lembre-se de que cuidar de si mesmo pode ser uma tarefa difícil e nova, e pode ser que você não saiba por onde começar. Não desanime, praticamente tudo que fazemos durante pelo menos 21 dias se converte em um hábito, por isso, você pode colocar como meta adquirir o hábito de cuidar de si seguindo estas 7 ideias práticas durante os próximos 21 dias: você não vai se arrepender!

Fonte indicada: A Mente é Maravilhosa

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here