Sejam amizades, amores ou qualquer outra relação que você queira nomear, não ligo… sendo rasas, dispenso todas. Tenho alergia desse tipo de interação.

Esse pouco que você entrega pra depois cobrar em dobro de volta? Já passei da fase. E foi duro. Só eu sei o quanto tive de refazer sentimentos para ter alguma paz. Não é fácil sentir muito em mundo acostumado com transbordar pouco. As pessoas se enganam quando acham que estão gostando demais. Elas fingem que não ligam, como se isso fosse alguma garantia de estabilidade emocional.

A falta de intensidade é que impede qualquer coração de se manter estável. Quando você economiza nos pensamentos, nos diálogos e nos afetos, você está assumindo uma autossabotagem. Cultivar emoções rasas é, indo ainda mais perto das cicatrizes, relembrar constantemente passados tóxicos.

Nada que é raso combina com quem quer viver pra frente. Porque não funciona, não soma e não transforma um relacionamento em intimidade. Intimidade é diferente. Casa com intensidade. E é fundamental, melhor, é imprescindível que você reconheça quem vem para trazer profundidade (nas entrelinhas da sua intensidade) e quem vem apenas para pegar uma carona na sua história.

Então, quando digo que tenho alergia a relacionamentos rasos, por favor não me leve a mal. Não estou cortando nenhum encontro pela raiz. Felizmente, entendi que a vida é cheia de desencontros. Mas está tudo bem. Ela compensa, se você tiver atenção, com raridades indispensáveis.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Guilherme Moreira Jr
"Cidadão do mundo com raízes no Rio de Janeiro"

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here